Curitiba/PR: Páscoa no Bosque do Papa e no Memorial Ucraniano terá bênção dos alimentos

A Bênção dos Alimentos é uma das mais tradicionais festividades de Páscoa das comunidades polonesa e ucraniana de Curitiba. A celebração é aberta à participação de todos e acontece no dia 15 de abril, Sábado de Aleluia. Este ano, além da bênção dos alimentos, quem for ao Parque Tingui poderá visitar a exposição “George Russu – Ícones de uma História”, uma homenagem dos ucranianos ao artista romeno George Russu. A exposição tem o apoio da Prefeitura de Curitiba e da Fundação Cultural, por meio da Coordenação de Etnias.

No Bosque do Papa, no Centro Cívico, acontece a “Swieconka”, que significa a alegria pela bondade de Deus, que nos dá o alimento. Por isso cestas com alimentos são levadas para benzer como sinal de vida nova. 

Num palco especialmente preparado para esta cerimônia, é colocada uma cruz enfeitada com flores e ao pé da cruz as cestas trazidas pelas famílias. Pisanki e kraszanki (ovos pintados), um carneirinho de manteiga (símbolo do Cordeiro de Deus), broas, carne assada, presunto, linguiça, manteiga, bolos típicos, raiz forte, sal e pimenta são colocados nas cestas.

No Memorial Ucraniano, no Parque Tingui, um dos momentos mais esperados é a Bênção das “Paskas”, pães especiais e ritualísticos, enfeitados com ramos de trigo, folhas e flores, feitos com a própria massa. Os preparativos se estendem durante a última semana da Quaresma. Os pães de Páscoa são assados, o Hrin (raiz-forte) com beterraba e os pyssanka (ovos cozidos e pintados) são preparados e colocados numa cesta de vime, forrada e coberta por toalhas bordadas, junto com a manteiga, o queijo, o mel, a “Koybassa” (linguiça), o salo (bacon ou toucinho) e a carne defumada.

No Bosque do Papa, a “Swieconka” (Páscoa Polonesa), um almoço típico, e as atrações artísticas, com apresentações de grupos folclóricos, começam às 13h30. Durante toda a tarde os quiosques oferecem artigos da colônia polonesa e de outras etnias. A cerimônia de bênção dos alimentos será realizada às 17 horas.

No Memorial Ucraniano (Parque Tingui), a bênção dos pães será às 16 horas. A Páscoa para os ucranianos, além de ser a festa litúrgica mais importante do ano, é um momento de manifestação cultural.

“Ícones de uma história”

Neste ano, os ucranianos prestarão uma homenagem ao artista romeno George Russu (1880-1977) com a exposição “George Russu – Ícones de uma história”. Desde cedo, Russu dedicou-se à arte sacra. Aos 18 anos foi para a Alemanha, onde frequentou a Academia de Belas Artes, em Munique. Lá casou com Cornélia, com quem teve uma filha, Domnitza. Em 1939 foi convidado para realizar o projeto artístico de uma catedral, na Romênia, e deixou a esposa e a filha na Alemanha. A Segunda Guerra começa e George Russu fica impedido de voltar. Durante um bombardeio em Munique, Cornélia e a filha retiram da casa onde viviam os ícones pintados pelo artista. Com o fim da guerra e o domínio da União Soviética sobre os países do leste europeu, Russu continuou detido na Romênia. A esposa e a filha mudam-se para o Brasil, em 1950. Em 1970, o artista conseguiu autorização para morar com a filha, em Curitiba, onde morreu em 1977.

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/pascoa-no-bosque-do-papa-e-no-memorial-ucraniano-tera-bencao-dos-alimentos/41856.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …