Curitiba/PR: Educação remaneja servidores para garantir atendimento nas creches

A partir da próxima semana, 216 professores de educação infantil que têm restrições para parte do exercício das funções em sala de aula – como problemas vocais – e que podem atuar em outras atividades passarão a auxiliar os diretores dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) no apoio administrativo. A medida faz parte de um amplo remanejamento que a Secretaria Municipal da Educação faz para garantir o funcionamento das unidades escolares da Prefeitura e foi anunciada nesta quarta-feira (19/04) aos diretores dos CMEIs.

“Estamos buscando todas as medidas possíveis para adequação das necessidades imediatas das unidades da educação”, diz a superintendente de Gestão Educacional, Elisângela Mantagute. 

“Este trabalho é resultado de um amplo diagnóstico que fizemos com o departamento de Recursos Humanos. Precisamos aproveitar ao máximo o potencial dos nossos servidores.”

Antes de começarem na nova atividade, os servidores participarão de formação, incluindo uma específica do Sistema de Gestão Educacional (GED).

Expectativa

Várias diretoras comemoraram a nova medida. No CMEI Independência, no Pinheirinho, a diretora Danielle de Aquino Silva afirma que a contribuição de um profissional para atuar na secretaria é essencial. “A demanda de atendimento é muito grande e fica difícil até recepcionar a comunidade quando não se tem um apoio. Acredito que a iniciativa vai aprimorar o andamento da nossa prática diária”, diz Danielle.

Para Thacyane Aparecida dos Santos, diretora do CMEI Santa Helena, na CIC, a chegada de um profissional para atuar como apoio administrativo é algo muito esperado. “Precisamos da parceria de alguém que atue com as demandas administrativas e que esteja presente também para partilhar as ações exigidas na recepção da unidade. Muitas vezes deixamos de participar de reuniões, formações e cursos porque não temos este apoio”, diz Tacyane. “Também avalio o remanejamento como uma oportunidade de valorizar o profissional, readequando seu potencial às novas funções”, completa Tacyane.

Ajuste fiscal

A aprovação do Plano de Recuperação de Curitiba, em debate na Câmara Municipal, poderá facilitar a contratação de novos servidores, como professores e auxiliares de serviços escolares.

O conjunto de medidas, formado por 12 projetos, é necessário para que a cidade possa superar a crise financeira herdada pela atual gestão da Prefeitura de Curitiba.

O Plano reúne o arcabouço necessário para a administração reverter um quadro financeiro que caminha rapidamente para inviabilizar o cumprimento das obrigações da administração, como prestação de serviços, pagamento de fornecedores e salários dos servidores.

A dívida vinda da gestão anterior soma R$ 1,2 bilhão e o déficit orçamentário chega a R$ 2,1 bilhões – o equivalente a 25% do orçamento anual.

 

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/educacao-remaneja-servidores-para-garantir-atendimento-nas-creches/41896.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …