Fortaleza/CE: Câmara realiza Sessão Solene em homenagem ao Dia do Jornalista

O vereador Evaldo Costa prestou homenagens a cinco jornalistas, representando a categoria Foto: André Lima

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou, nesta quinta-feira (27), Sessão Solene no auditório Ademar Arruda, em comemoração ao Dia do Jornalista que transcorreu no dia 7 deste mês. A homenagem foi proposta pelo vereador Evaldo Costa (PRB), através do requerimento 0069/2017, aprovado por unanimidade pelo plenário da Casa Legislativa.

A sessão foi presidida pelo vereador Evaldo Costa, no ato representando o vereador Salmito Filho (PDT), presidente da CMFor. A Mesa dos trabalhos foi composta pelo secretário de Esportes de Fortaleza, Ricardo Sousa, que representou o prefeito Roberto Cláudio; pela Procuradora de Justiça, Vanja Fontenele; pelo diretor da Associação Cearense de Imprensa (ACI), Marcos Saraiva; e representando a TV Cidade, o jornalista Beto Almeida.

Em sua saudação aos presentes, o vereador Evaldo Costa disse ser um orgulho homenagear colegas que estão no dia a dia levando a notícia para a população, cada um com suas características e meios de comunicação. Destacou que para marcar a data, cinco profissionais foram escolhidos para receber uma homenagem em nome da categoria. “Estamos aqui no Poder Legislativo, o mais democrático e devassado entre os constituídos no País. Deve-se ao jornalista a importante missão de levar à população as informações. O jornalista não se conforma com a injustiça; não aceita o que não é certo”, disse.

“Ser jornalista é uma dádiva, é um estado de espírito. Aqui fazemos nossa homenagem e esperamos ter sempre uma imprensa livre e voltada para trazer à tona a verdade dos fatos. Os cinco homenageados da noite bem representam a classe. Esse nosso requerimento também foi subscrito pela vereadora Eliana Gomes (PCdoB), mas por motivo de força maior ela não pôde estar presente aqui”, concluiu.

Em seguida, o vereador Evaldo Lima, juntamente com os membros da mesa, fez a entrega de placas comemorativas ao Dia do Jornalista para cinco personalidades: jornalista Messias Pontes (in memoriam), representado por seu filho o radialista e historiador Carlos Pontes; jornalista Cid Carvalho; radialista Antônio Viana; jornalista Eugênia Nogueira e o jornalista e professor Ronaldo Salgado.

Em nome dos homenageados falou o jornalista e ex-senador Cid Carvalho. Ele disse ser um momento de grande satisfação o fato dos vereadores decidirem apoiar de forma unanime a homenagem aos jornalistas. “Essa homenagem é legítima, pois vem do povo que é quem elege os parlamentares. O eleito tem uma aura uma benção de Deus”, disse.

Cid falou da situação atual do país e destacou que estão retrocedendo nos avanços conquistados pela Constituição de 1988 para os trabalhadores. “Hoje sou um homem indignado pelo o que está acontecendo no Brasil. Pelo povo enganado, pelos sentimentos despertados. Nós como jornalistas, temos que estar vigilantes. Não podemos deixar que o Brasil enverede por um caminho de perda de liberdade. Eu como constituinte escrevi a estabilidade do servidor, uma coisa linda, uma pérola. A Constituição da voz, da manifestação, do conhecimento humano. Não podemos deixar que essas conquistas sejam enterradas”, pontuou.

Em nome dos homenageados agradeceu a deferência, e disse que um deles o toca de maneira mais forte, que é o jornalista Messias Pontes, morto em 2013. “Preciso dizer que estar lado a lado de Messias é algo muito honroso para nós todos. Ele nos faz lembrar grandes homens que conheci, como Américo Barreira, Aníbal Benevides, Jáder de Carvalho, meu pai. Sua doçura valente mostra o valor de um bom Pontes Neto. Ele, na sua doutrina comunista e eu na espírita. A ele nossa homenagem. E finalizando minhas palavras dito em brado alto, “E viva o Brasil, minha gente”, finalizou.

Perfis

Messias Pontes

Nasceu em 14 de abril de 1947 e faleceu em 9 de novembro de 2013, aos 66 anos, deixou esposa, Maria Alves Pontes, três filhos (Juliana, Márcia e Carlos) e cinco netos. Formando em jornalismo pela UFC, trabalhou nos maiores órgãos de comunicação do Estado. Foi presidente do Comitê de Imprensa da Câmara e da Assembleia Legislativa, atuou na comissão da anistia do Sindicato dos Jornalistas, Foi membro do PCdoB, anistiado político, foi torturado na ditadura. Escrevia semanalmente para o Jornal o Estado e um dos seus maiores legados foi o programa Espaço Aberto na TV Cidade que depois foi levado para o rádio, e hoje apresentado por seu filho Carlos Pontes.

Cid Carvalho

Jornalista, radialista e ex-senador da República. Filho de Jáder de Carvalho e de Margarida Saboia de Carvalho. Apresentador de rádio e TV, analista político, cronista esportivo, professor da UFC, procurador da Fazenda Nacional, senador entre 1987 e 1994, membro da Ordem dos Advogados do Brasil, da Associação Cearense de Imprensa e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Ceará. Cid é fundador de Academias de Letras, Retórica e de Língua Portuguesa no Ceará.

Antônio Viana de Carvalho

Filho e Abraão Scacella de Carvalho e de Antônia Viana de Carvalho, nasceu em 12 de abril de 1949, em uma família de 13 irmãos. Concluiu o 1º e 2º graus, no Liceu do Ceará e em 1965 passou a ser correspondente dos principais jornais da época, como o Gazeta de Notícias e o Tribuna do Ceará. Veio morar definitivamente em Fortaleza e deixou sua namorada em Tauá, que depois passou a ser sua esposa em 1971, após ele se formar. É pai de Antônio Viana Jr. George e Regiane Carvalho. Antônio Viana é cidadão de Fortaleza e de vários municípios cearenses, além de receber diversas outras homenagens de mérito legislativo. Por 22 anos foi comentarista político na TVC e por 32 anos esteve na Dragão do Mar, com dois programas diários. Hoje está na Rádio Cidade AM 860, sendo considerado um dos maiores divulgadores de assuntos municipalistas do Estado.

Eugênia Nogueira

Faz parte de uma das famílias mais queridas de Acopiara, onde nasceu. Sua avó, dona Nenén foi vereadora e é considerada a mãe dos pobres. Filha de Joaquim Lima e de Maria Augusta. Veio para Fortaleza e se formou em jornalismo pela UFC. Passou pelo jornal O Povo, Diário do Nordeste, Rádio Verdes Mares, TV Diário e após 19 anos dedicado às redações criou com a jornalista Sônia Lage a Degagê, uma empresa que emprega 21 pessoas e atua nas áreas de assessoria de imprensa, clipagem e redes sociais.

Ronaldo Salgado

Jornalista formado pela UFC, com vasta experiência nas redações de jornais. Está aposentado após 28 anos dedicado na formação de novas gerações de comunicadores do Estado. Em sua passagem pela UFC ele coordenou um dos mais festejados projetos de mídia daquela instituição de ensino superior que é a revista Entrevista, que transpôs os muros da entidade e hoje é reconhecida pelo meio editorial como uma publicação de grande repercussão na cidade. Na militância sindical foi diretor por 22 anos do Sindicato dos Jornalistas, tendo contribuído para diversas melhorias para sua classe.

Fonte Oficial: http://wp.cmfor.ce.gov.br/cmfor/camara-realiza-sessao-solene-em-homenagem-ao-dia-do-jornalista/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …