Curitiba/PR: Administração acelera ritmo das obras e lança mapa do crime

A continuidade de importantes obras públicas, como a construção das alças de acesso da trincheira do Ceasa e o trabalho contra enchentes nos córregos Henry Ford, do Cortume e Santa Bernadete e Rio Vila Guaíra, foi o destaque da semana. Esta última série de obras beneficiará 57,1 mil moradores dos bairros Lindóia, Parolin, Fanny, Guaíra e Hauer.

Já a Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito divulgou o Mapa do Crime da Cidade, importante ferramenta no combate à criminalidade na capital.

O prefeito Rafael Greca participou de sua terceira audiência pública para encaminhar demandas de cidadãos e cidadãs e também processos administrativos que tramitam na Prefeitura. Na sexta-feira (05/05), Greca seguiu para a Regional Pinheirinho para conhecer os projetos da regional assim como conversar com a população.

Segunda-feira

Trincheira do Ceasa

As obras de construção das alças de acesso à trincheira das Centrais de Abastecimento do Paraná (Ceasa) atingiram mais uma importante etapa. As equipes contratadas pela Prefeitura fizeram a pavimentação de parte da Rua Hasdrubal Bellegard, na CIC, que fica embaixo da trincheira.

A construção das quatro alças de acesso foi retomada pela Prefeitura em janeiro. A obra vai melhorar a mobilidade na região Sul de Curitiba e interligar os bairros CIC e Tatuquara por baixo da BR-116.

Cursos gratuitos

O Programa Liceus de Ofícios, que oferece cursos gratuitos de qualificação profissional, está sendo reformulado. O projeto, que compõe o plano de governo elaborado pela Superintendência do Trabalho e Emprego da Fundação de Ação Social (FAS), prevê que os cursos também possam ser realizados espaços alternativos, além de serem ofertados nas unidades próprias.

Entre os espaços que receberão os cursos estão os Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e Centros POP, que atendem pessoas em situação de rua. Curitiba tem 45 Cras, dez Creas e cinco Centros POP. Além disso, as aulas poderão ser realizadas em escolas, igrejas e associações de moradores.

Ocorrências atendidas

A Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito divulgou o Mapa do Crime na cidade, com as principais ocorrências atendidas pela Guarda Municipal, assim como horários de maior incidência, percentual de prisões e flagrantes, as ocorrências em equipamentos municipais.

De janeiro a abril, o maior percentual de ocorrências foi atendido na Regional Matriz (22%), seguida das regionais Boqueirão (11%), Boa Vista (11%) e Bairro Novo (8%). No período, a Guarda Municipal atendeu 6.781 ocorrências. Mais de 90% das ocorrências atendidas foram diurnas e houve aumento das prisões em flagrante – de 62% somente na Patrulha do Transporte Coletivo.

 

Quarta-feira

Audiência pública

O prefeito Rafael Greca participou de sua terceira audiência pública para encaminhar demandas de cidadãos e cidadãs e também processos administrativos que tramitam na Prefeitura. Greca tratou de pendências e projetos de interesse dos representantes da comunidade nas áreas de urbanismo, obras, mobilidade e ações sociais.

 

Quinta-feira

Obras contra enchentes

Os córregos Henry Ford, do Cortume e Santa Bernadete e o Rio Vila Guaíra passam por uma transformação, que trará efeitos positivos para 57,1 mil moradores dos bairros Lindóia, Parolin, Fanny, Guaíra e Hauer. Todos são afluentes do Rio Pinheirinho e passam por obras da Prefeitura para controle de cheias e alagamentos.

Estão em execução três grandes lotes de obras de macrodrenagem na sub-bacia do Rio Pinheirinho que vão beneficiar, além do Rio Pinheirinho, o Rio Belém. Os investimentos somam R$ 121 milhões, recursos do Ministério das Cidades, do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II) de Gestão de Riscos e Desastres Naturais.

 

Sexta-feira

Visita à Regional Pinheirinho

Em visita à Regional Pinheirinho, o prefeito Rafael Greca anunciou o estudo para a implantação do anel de transporte metropolitano, de integração da Linha Verde à estrutural Norte-Sul com prolongamentos aos municípios que fazem fronteira com Curitiba nessas regiões.

O esboço do projeto está sendo estudado pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) como parte do processo de macroplanejamento para preparar a cidade para as demandas futuras com o carregamento da Rede Integrada e a ocupação dos eixos de transporte.

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/administracao-acelera-ritmo-das-obras-e-lanca-mapa-do-crime/42012.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …