[Educao] Projeto leva crianas para ouvir histrias na biblioteca – Notcias – Prefeitura Municipal de Laguna

Os futuros leitores estaro todas as teras e sextas-feiras na biblioteca pblica. (imagem: Tas/Sutero/Decom)

Eles ainda não sabem ler, mas podem contar as aventuras do joelho Juvenal, livro de autoria do Ziraldo. Duas vezes por semana, no mês de maio, crianças entre 3 a 5 anos, da rede municipal de ensino irão visitar a biblioteca para ouvir histórias como a do joelho Juvenal, brincar com brinquedos pedagógicos construídos com material reciclado e, principalmente, conhecer a biblioteca, abrir páginas de livros, tirar da prateiras sentar no chão e viajar.

Os futuros leitores estarão todas as terças e sextas-feiras na biblioteca pública, envolvidos pelo projeto Bibliotecando, um circuito de contação de histórias. Parceria dos funcionários da biblioteca com a Secretaria de Educação, através do departamento de educação infantil.

Nesta última sexta-feira, foi a vez dos pequenos dos centros de educação infantil Professora Laureni Vieira (Vila Vitória) e Irmã Vera (Ponta das Pedras), ouvir a narrativa das histórias com a bibliotecária Kátia Abreu e Aldabanir Jerônimo.  

No decorrer do mês, outros alunos dos centros de educação infantil serão integrados no projeto. O transporte dos pequenos ficará com responsabilidade da Secretaria de Educação, através da frota de atendimento escolar. 

Futuros leitores

Sem piscar, os pequenos ficaram atentos as aventuras de um joelho que adorava uma aventura. No final da história, olhos e bocas foram pintados nos joelhos das crianças, com direito a gravata, igual ao do personagem. 

Eles receberam a missão de contar as peripécias de Juvenal quando chegassem em casa. 

Antes, puderam escolher os livros e brincar livres pela biblioteca. Alguns preferiram folhear as aventuras do Peter Pan, outros sobre sapo falante. Marcos de Oliveira, 4 anos, ficou concentrado na história de um carro falante. Daniele, 4 anos, gostou das imagens do livros sobre princesas e estrelas.

“Esperamos que eles voltem muitas vezes”, disse a bibliotecária Kátia, com esperança da chegada de futuros leitores.

As crianças através de brincadeiras aprenderam como manusear um livro para não “machucá-los” e como deixar eles felizes. 

Com brinquedos de garradas pets, confeccionados por reeducandos que realizam atividades na biblioeteca, as crianças conheceram o boliche, puxa-puxa e lançamentos de argolas, brincadeiras comuns antes da chegada dos vídeo-games.

Lucíula Santos Ribeiro, do departamento infantil, da Secretaria de Educação, explica que cada sala de aula confeccionou o seu mascote, um livro com emoções, onde os pequenos irão levar para casa e cuidar, como se deve fazer com um livro de verdade, aprender brincando e compartilhando com familiares a experiências. 

A secretária de Educação, Karmensita Almeida Cardoso, acompanhou a contação de histórias.

Segundo especialistas mergulhar em histórias, sejam elas de ficção ou não, é parte importante do desenvolvimento infantil e pode trazer uma série de benefícios. Estimular a imaginação, aguçar a curiosidade e ajudar no desenvolvimento da linguagem, tanto escrita quanto oral, são alguns dos atributos.

A biblioteca pública tem vários livros infantis para os pequenos de diferentes idades. Fica aberta das 7h às 18h, está localizada no centro histórico, na rua Voluntário Fermiano. 

Texto: Taís Sutero – jornalista MTB 1796

 

Fonte Oficial: http://www.laguna.sc.gov.br/noticias.php?cod_noticia=10646.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …