Fortaleza/CE: Márcio Martins denuncia situação de descaso na saúde municipal

Vereador é líder do PR na Câmara Municipal. Foto: Genilson Lima.

Ao fazer uso do tempo da Liderança da Oposição, na sessão ordinária desta terça-feira, 9, o vereador Márcio Martins(PR) denunciou a situação de descaso na saúde municipal de Fortaleza. O parlamentar apresentou o caso de um agente de saúde comunitário que não recebeu atendimento ao procurar o Instituto de Previdência do Município (IPM) e o Instituto Dr. José Frota (IJF). De acordo com Márcio, o servidor entrou em coma e está internado no hospital Uniclinic.

“Vou apresentar aqui um vídeo que retrata mais uma vez o quão grave está a saúde do município de Fortaleza. Trata-se de um agente comunitário de saúde, que pede socorro, pois nenhum dos hospitais do IPM o acolheu. Foi orientado a procurar o IJF, mas ao chegar teve a notícia de que o médico de Gastro havia faltado.”, destacou

No vídeo, o servidor reclama dos descaso das autoridades e pede que a sua fala seja publicizada na Câmara Municipal. “Pago meus diretos, tanto do IPM como do SUS, e ao procurar o atendimento não encontrei. Isso é um descaso das autoridades. Peço que botem na pauta essa situação.”, frisou.

De acordo com o parlamentar, pouco mais de 24 horas após a gravação do vídeo o servidor entrou em coma. “Ele agora está lutando pela sua vida na Uniclinic. Segundo os médicos a sua situação é gravíssima. No entanto, mesmo assim ele ainda tem alguns procedimentos negados pelo IPM. Se Deus me livre esse cidadão chegar a morrer, não podemos dizer que foi morte natural, e sim pelo descaso no atendimento. Pessoas são responsáveis por essa situação. Se aquele que dedica sua vida a contribuir com a saúde da população, recebe esse tratamento por parte do IPM e do IJF, o que será de nós? Vamos aguardar uma posição do Executivo e esperar que resolva.”, frisou.

Em aparte, o vereador Guilherme Sampaio (PT) ressaltou que a reclamação dos servidores municipais diante do atendimento do IPM tem sido recorrente e pauta de diversas reuniões com os profissionais na Câmara. “Sabemos o quão importante o IPM é para os servidores, e hoje esses profissionais só tem direito a duas consultas por mês. A notícia é de que uma série de estabelecimentos foram descredenciados. O que vemos é a ineficácia do IPM. Portanto, temos que debater essa situação.”, destacou.

 

Assessoria de Imprensa
Anna Regadas e Silmara Cavalcante
Fone: +55 85 3444.8304
Instagram: @cmfoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: http://www.facebook.com/cmfor/

Fonte Oficial: http://wp.cmfor.ce.gov.br/cmfor/marcio-martins-denuncia-situacao-de-descaso-na-saude-municipal/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …