Câmara Municipal de São Paulo Comissão solicita Audiência Pública para discutir situação das bibliotecas municipais

Os vereadores querem discutir com o secretário de Cultura, André Sturm, a situação das bibliotecas municipais

RENATA AFONSO
DA TV CÂMARA

A Comissão de Educação aprovou nesta quarta-feira (17/5) requerimento para que seja realizada uma Audiência Pública com o secretário de Cultura, André Sturm. Os vereadores querem discutir a situação das bibliotecas municipais e dos Programas PIÁ (Programa de Iniciação Artística) e Vocacional. A audiência foi marcada para o dia 26/5, às 14h, no Auditório Prestes Maia.

De acordo com o vereador Toninho Vespoli (PSOL), a Secretaria está tirando alguns livros das prateleiras e precisa explicar o motivo. “Parece que vai vir doação de empresários, que também vão doar livros, então a gente quer entender quem é que está dando a direção política da gestão pública”, disse Vespoli.

Para o vereador David Soares (DEM) “é muito apropriado o pedido de audiência pública para que o secretário venha com muito mais tempo de poder responder as nossas arguições”.

Durante a reunião os parlamentares também debateram a criação dos cargos de diretor e supervisor nas escolas da rede municipal de ensino.

Os professores tiveram oportunidade de se manifestar e explicaram que foi realizado em 2015 um concurso de acesso de diretores e supervisores, mas houve apenas uma chamada. Para que mais profissionais sejam chamados é necessário criar as vagas. Na Câmara  já existe um Projeto de Lei, o 574/2016,  sobre esse assunto.

Elen de Moraes é professora da rede pública. Ela atribui a necessidade de novos cargos ao crescimento da cidade. “A cidade de São Paulo cresce demasiadamente e o aumento de escolas nas últimas décadas não acompanhou o mesmo número de supervisores”.

Para Christian Sznick , diretor sindical, “os supervisores fazem também um papel muito importante porque são eles que mantém a qualidade dos programas municipais”.

A Comissão informou aos profissionais que vai tentar agilizar a votação do Projeto de Lei.

O presidente da Comissão de Educação, Claudio Fonseca (PPS) afirmou que vai dialogar com os demais parlamentares  já que o Projeto de Lei ainda não foi para votação em Plenário. “Vou pedir no colégio de líderes, que é o momento em que todos os líderes partidários se reúnem para discutir a pauta de votação em plenário.Vamos pedir urgência novamente, reiterando o projeto existente, e reiterando, inclusive, o projeto que protocolei visando agilizar, acelerar esse processo de votação  e criação dos cargos.”

Fonte Oficial: http://www.camara.sp.gov.br/blog/comissao-solicita-audiencia-publica-para-discutir-situacao-das-bibliotecas-municipais/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …