Fortaleza/CE: CMFor realiza audiência pública alusiva ao Dia Nacional de Combate à Homofobia

O auditório Ademar Arruda recebeu audiência pública de autoria da vereadora Larissa Gaspar (PPL) – Foto: Evilázio Bezerra

A Câmara Municipal de Fortaleza realizou na tarde desta quinta-feira, 25, uma audiência pública alusiva ao Dia Nacional de Combate à Homofobia, comemorado em 17 de maio. O evento é de iniciativa da vereadora Larissa Gaspar (PPL) que destacou que o objetivo da audiência é traçar ações e estratégias para o enfrentamento à homofobia no município de Fortaleza.

De acordo com a parlamentar esta audiência é em alusão ao fato de, em 1990, a Organização Mundial da Saúde ter retirado da classificação internacional de doenças o termo homossexualismo. “É um grande avanço para o movimento LGBT nacional e internacional. Pois, a OMS compreendeu que o exercício da sexualidade não é uma doença, transtorno”, relatou. A vereadora destacou que o grupo gay da Bahia registrou no ano passado 343 ocorrências de LGBT´s assassinados, com destaque para os casos que permanecem na invisibilidade. Informou que apenas 17% dos acontecimentos são apurados e a maioria fica na impunidade.

Dediane Souza, Coordenadora Executiva da Coordenadoria da Diversidade Sexual, frisou que a Câmara Municipal de Fortaleza tem o dever de trazer todos os debates da sociedade como pauta prioritária. “Importante esse debate nesse momento que a gente vivencia um avanço no conservadorismo. O mandato da vereadora Larissa Gaspar é muito importante nesse momento para levar o debate para a sociedade. Nós, da Secretaria de Direitos Humanos, Desenvolvimento Social e Combate à fome estamos traçando ações para coibir a violência de identidade de gêneros e orientação sexual na sociedade”, disse.

A presidenta da Associação dos Travestis do Ceará – ATRAC, Tina Rodrigues, fez um discurso emotivo evidenciando as lutas que os travestis enfrentam no dia a dia. “Só jogam a prostituição para a gente. Nós sobrevivemos ao ódio que nos violenta e que faz com que tenhamos amor por nós mesmas. Pelos abusos que tenho sofrido, hoje é o último dia que milito pela causa travesti no Ceará”, finalizou.

 

Assessoria de Imprensa
Rochelle Nogueira
Fone: +55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: http://www.facebook.com/cmfor

Fonte Oficial: http://wp.cmfor.ce.gov.br/cmfor/cmfor-realiza-audiencia-publica-alusiva-ao-dia-nacional-de-combate-a-homofobia/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …