Câmara Municipal de São Paulo Câmara dos Vereadores ficou praticamente fechada durante a Era Vargas





DA REDAÇÃO

A Câmara Municipal de São Paulo funcionou apenas em 1936 e 1937 durante a Era Vargas. O período – que recebeu esse nome por ter sido governado pelo então presidente Getúlio Vargas de 1930 e 1945 – foi marcado por mudanças sociais e econômicas.

O tempo em que o legislativo funcionou contou até com eleições municipais em 1936. Foram eleitos 20 vereadores, depois de uma acirrada disputa entre os partidos PRP e PC. Os parlamentares até tentaram trabalhar, mas com o início do Estado Novo, em 1937, os legislativos não puderam atuar.

A história de Vargas iniciou-se em 1930, com a deposição do presidente Washington Luís e a revogação da constituição de 1891. A meta, durante o Governo Provisório, era estabelecer uma nova ordem com a dissolução do Congresso Nacional e a intervenção federal em governos estaduais até que fosse criada uma nova Constituição.

As novas medidas foram aprovadas em 1934 e Vargas foi eleito pela assembleia ao cargo de presidente. No entanto, as escolhas democráticas nas diferentes esferas de poder não foram contínuas após ele assumir o cargo.

Em 1937, o presidente impõe uma nova constituição, dilui o congresso e assume poderes ditatoriais com a meta de continuar no posto. Conhecido como Estado Novo, o período durou até 1945, quando Vargas foi deposto do cargo e inicia-se um período de redemocratização no Brasil.

A história sobre as diferentes épocas do legislativo paulistano estão no Centro de Memória da Câmara.



Fonte Oficial: http://www.camara.sp.gov.br/blog/camara-dos-vereadores-ficou-praticamente-fechada-durante-a-era-vargas/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …