Curitiba/PR: Secretária abre discussões sobre respeito aos direitos humanos nas escolas

Especialistas e profissionais da Educação de Curitiba e Região Metropolitana participam nesta terça-feira (30/5) de debates sobre os avanços necessários à Educação em Direitos Humanos. Organizado pelo Conselho Municipal de Educação de Curitiba, com o apoio da Prefeitura, o 2º Fórum Educação Integral foi aberto pela secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, no Salão de Atos do Parque Barigui.

O objetivo do evento é promover uma cultura de respeito aos direitos humanos nas instituições de ensino com a mobilização de diferentes instâncias e o diálogo entre os grupos ligados ao tema.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Educação, Maurício Pastor dos Santos, a criação desse espaço de articulação é fundamental para o fortalecimento das políticas públicas no município. “Esse fórum tem uma temática emergente no cenário educacional brasileiro, vamos trocar experiências, informar o que estamos fazendo e criar uma relação de diálogo que nos apoiará no aprofundamento da gestão de direitos humanos nos espaços de educação”, explicou Maurício.

Diálogo e respeito

A secretária Maria Sílvia destacou a importância do diálogo para o fortalecimento das práticas que formam pessoas. De acordo com ela, o trabalho educacional requer sensibilidade para tratar do tema direitos humanos. “Não há pesquisa que supere a abertura do diálogo e a sensibilidade. Precisamos da transversalidade para oferecer às crianças dignidade no seu ambiente de formação e desenvolvimento e para que elas possam viver as possiblidades de livre expressão dentro de tudo aquilo que entendemos como respeito”, afirmou.

Com o intuito de auxiliar professores da educação básica na hora de tratar temas como a diversidade sexual, questões de gênero, bullying e racismo, a Secretaria Municipal da Educação de Curitiba oferece ações de formação, desenvolvimento e assessoramento promovidas pela Coordenadoria de Equidade, Família e Rede de Proteção (Cefar).

As atividades curriculares nas unidades também se engajam nas metas dos planos Nacional e Municipal da Educação, conforme os princípios que garantem direito e respeito a todos.

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/secretaria-abre-discussoes-sobre-respeito-aos-direitos-humanos-nas-escolas/42287.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …