Curitiba/PR: Servidores têm especialização em prevenção ao uso de drogas nas escolas

O prefeito Rafael Greca participou da aula inaugural do curso de especialização em Prevenção ao Uso de Drogas para População Escolar, nesta segunda-feira (29), no auditório da PUC-PR. O curso será ministrado durante 18 meses para 45 servidores aprovados em processo seletivo conduzido pelo Instituto Municipal de Administração Pública (Imap). Profissionais das secretarias da Educação, da Defesa Social, e do Esporte, Lazer e Juventude e da Fundação Cultural de Curitiba e Fundação de Ação Social terão a oportunidade de aprimorar conhecimentos e contribuir com ações de prevenção ao uso de drogas.

Para Greca, a educação é uma importante arma no combate às drogas e a especialização garante que a cidade tenha, no quadro de servidores, profissionais capazes de multiplicar a promoção da vida. “A escola também tem que transmitir a ciência da vida. Vamos fazer uma Curitiba livre de substancias psicoativas”, disse o prefeito.

A secretária municipal de Educação, Maria Silvia Bacila Winkeler, falou sobre o desafio de promover a vida e vencer as drogas. “Por isso é tão importante a qualificação e as ações educativas voltadas à prevenção. Minha casa de formação, a PUC, recebe nossos servidores para este curso, que para além de todas as discussões científicas tem como espinha dorsal o valor da vida”, afirmou.

A assistente social da FAS Luciane Fátima Savi é uma das alunas do curso. Ela trabalha no acolhimento de pessoas em situação de risco e afirma que as drogas têm grande impacto nas famílias, o que contribui para condição de vulnerabilidade de crianças e adolescentes. “Para mudar esta realidade o melhor caminho ainda é a educação”, disse Luciane.

A ideia é compartilhada pela coordenadora da Rede de Proteção da Regional Bairro Novo, Ana Rita de Paula. Segundo ela, o uso de drogas é grande entre os jovens e o maior problema está em desenvolver ações somente após a violência estar instalada nas comunidades. “Quero aprender aqui e ser uma multiplicadora nas escolas”, afirmou Ana. 

A aula inaugural contou com uma palestra sobre Neurociência com a professora Camila Maia de Oliveira Borges Paraná. Ela explica que as pesquisas têm avançado no campo da neurociência voltada à população escolar. “Mudanças biológicas no cérebro do adolescente fazem com que ele seja mais vulnerável ao uso de drogas. A intenção é apresentar uma perspectiva neurocientífica para o entendimento da questão e favorecer a implantação de medidas públicas.”

Também estiveram presentes o secretário municipal de Defesa Social, Algacir Mikalovski; o presidente do Imap, Alexandre Jarschel; o vereador Ezequias Barros; o pró-reitor comunitário de Extensão, José Luiz Cazela; e o decano da Escola de Ciências da Vida, Sergio Surugi de Siqueira.

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/servidores-tem-especializacao-em-prevencao-ao-uso-de-drogas-nas-escolas/42284.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …