Curitiba/PR: Obras de pavimentação da marginal da BR-277 estão na última etapa

As obras de pavimentação e alargamento da marginal da BR-277, no bairro Uberaba, entraram na fase final. Os trabalhos se concentram próximos à trincheira da Avenida Jornalista Aderbal Gaertner Stresser, que liga os bairros Uberaba e Cajuru por baixo da BR-277.

Por conta dos trabalhos, os dois sentidos da trincheira estão bloqueados para o trânsito. Uma parte da marginal da BR-277 também está fechada para as máquinas trabalharem. Neste trecho, o desvio é feito pela Rua Capitão Leônidas Marques e Professora Maria da Glória Saldanha Loyola.

A previsão é que a obra de pavimentação seja concluída no final de junho, caso não chova muito, o que pode adiar os trabalhos. Todas as fases de escavação e terraplanagem foram concluídas. Os funcionários trabalham na colocação de meios-fios, construção de caixas para drenagem e aplicação de sub-base e base para o novo pavimento.

Também já foi feita a fresagem do antigo asfalto da marginal, logo após a trincheira, nas proximidades da subestação Uberaba da Copel. Apesar do transtorno no trânsito, nos horários de pico, por conta dos bloqueios, comerciantes e moradores da região estão animados com a obra feita pela Prefeitura.

Silvane Krupczak trabalha há 25 anos na loja de material de construção da família, que fica em frente da marginal da BR-277. “Eu achei a obra formidável, pelo tempo de espera que a gente teve. O resultado agora está sendo bem positivo”, disse Silvane.

A comerciante contou que a marginal faz a ligação com as cidades vizinhas de São José dos Pinhais e Pinhais, além de ser caminho para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cajuru e o Terminal do Centenário. O movimento de veículos é bem alto na região.

“Aqui a rua era de terra, tinha muita poeira, sujeira. O pior de tudo era para a saúde das pessoas, ataca rinite, dá alergia. Agora a expectativa é ótima para todos”, disse Silvane.

Honolina Soster Rossoni, 77 anos, moradora do Cajuru, também está animada com as obras. “Antes era muito sofrimento, quando chovia enchia de água, alagava tudo aqui. A obra demora um pouco, mas vale a pena esperar. Vai valorizar a região”, afirmou.

Desvios

Com o bloqueio da trincheira do Jardim Mercúrio, o trânsito é feito por desvios. A orientação aos motoristas é que evitem a região e procurem caminhos alternativos enquanto a obra está em execução.

O fluxo no sentido Uberaba-Cajuru é desviado pela BR-277 na direção de Paranaguá e os motoristas fazem o retorno sob o viaduto da via férrea, a cerca de um quilômetro para frente da trincheira.

O fluxo sentido Cajuru-Uberaba também é desviado pela BR-277, na direção de Curitiba, com o retorno disponível na trincheira da Rua Sebastião Marcos Luiz, que também fica a uma distância de um quilômetro do bloqueio. As linhas do transporte coletivo Centenário e Centenário/Boqueirão estão com desvio de trajeto por causa dos bloqueios.

Retomada

As obras de pavimentação e alargamento da marginal da BR-277 foram retomadas pela Prefeitura em janeiro, depois de ficarem paradas por cerca de cinco meses no ano passado. As obras vão levar asfalto para quase 800 metros da marginal e beneficiar 183,9 mil moradores dos bairros Cajuru e Uberaba, além dos motoristas e trabalhadores que circulam pela região.

A obra da marginal é uma proposta do presidente da Câmara Municipal, Serginho do Posto. O investimento da Prefeitura é de R$ 3,6 milhões.

Quando a intervenção foi paralisada, no ano passado, a empreiteira havia feito 47% dos serviços contratados. 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/obras-de-pavimentacao-da-marginal-da-br-277-estao-na-ultima-etapa/42306.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …