Fortaleza/CE: Comissão de Saúde recebe relatório referente ao 1º quadrimestre de 2017 da Secretaria de Saúde de Fortaleza

Comissão de Saúde e Seguridade Social. – Foto: Genilson de Lima

A Comissão de Saúde e Seguridade Social recebeu na manhã desta terça-feira, 6 de junho, a secretária de Sáude do Município, Joana Maciel, que realizou uma apresentação referente do que foi realizado no primeiro quadrimestre de 2017 na Capital, e o que será feito nos próximos meses. A secretária ressaltou ações que estão sendo feitas para combater a proliferação dos criadouros do mosquito Aedes aegypti, o abastecimento de medicamentos nos postos de saúde, com uma atenção voltada ao atendimento as pessoas com  diabetes e hipertensão arterial nas unidades básicas.

A Secretária de Saúde comentou que, durante o primeiro quadrimestre, a pasta focou em resolver por definitivo o abastecimento de medicamentos na atenção primária, integrar as redes, fortalecer parcerias com universidades e elaborar um plano com foco na saúde mental.

“Uma das prioridades é a questão do abastecimento de medicamentos. Temos um prazo de conclusão dessa ação em julho, que culmina com a inauguração da primeira Central de Distribuição de Medicamentos nos Terminais de Ônibus. Nós vamos ter essa central de distribuição para dar suporte, e assim o paciente não precisa ir até o posto para pegar o remédio”, explicou.

Outro ponto destacado pela gestora foi a reestruturação do contrato de gestão com o ISGH. Conforme a apresentação, a partir de agosto deste ano será criado um grupo de trabalho para acompanhamento das compras do ISGH. Joana Maciel falou ainda da conclusão do plano de ação para regularização de medicamentos, e da implantação de protocolos clínicos de uso racional de medicamentos que será implantado em outubro deste ano, dentre outros.

Outro aspecto que Joana Maciel chamou atenção foi na questão de tratamento a hipertensos e diabéticos, uma das principais causas de mortalidade no município. De acordo com a secretária, a PMF está estruturando várias unidades de saúde para que se tornem Centros Integrados de Atendimento ao paciente hipertenso e diabético. “Na própria atenção primária teremos unidades com cardiologistas, para tratar dos diversos problemas que diabéticos tem, como o pé diabético”, explicou.

Em relação às arboviroses,  Joana Maciel destacou a criação do Comitê Permanente de Combate a Arboviroses, que conta com 50 profissionais que trabalham arduamente no combate ao mosquito.

“O comitê vai além do aspecto da saúde, ela tem uma grande responsabilidade em promover assistência a todos os cidadãos. Mas temos que entender que essa questão vai além da saúde, vai além da gestão. Convocamos a sociedade civil e todas as instituições que se juntem a nós para combater o mosquito”, ressaltou

Para o presidente da Comissão de Saúde, vereador Dr. Porto (PRTB), a apresentação da secretária foi satisfatória, e acredita que a pasta está procurando resolver as situações difíceis que a população está enfrentando na saúde primária.

 

Assessoria de Imprensa
Felipe Macedo
Fone: +55 85 3444.8304
Instagram: @cmforoficial
Twitter: @camaracmf
Facebook: http://www.facebook.com/cmfor/

Fonte Oficial: http://wp.cmfor.ce.gov.br/cmfor/comissao-de-saude-recebe-relatorio-referente-ao-1o-quadrimestre-de-2017-da-secretaria-de-saude-de-fortaleza/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …