Câmara Municipal de São Paulo Curso mostra que convívio social é fundamental para a qualidade de vida do idoso

DA REDAÇÃO

A Câmara Municipal de São Paulo sediou nesta quinta-feira (31/8) mais uma edição do curso gratuito “Boas Práticas para a Atenção à Pessoa Idosa”, que visa capacitar cuidadores e pessoas interessadas em aprender a lidar com os idosos.

Um dos aspectos mais importantes tratados nesse curso diz respeito ao entretenimento do idoso, no sentido de mantê-lo integrado ao convívio social.  Maria Elizabeth Bueno Vasconcellos, uma das responsáveis pelo curso, salienta que é muito importante prestar atenção nos gostos do idoso para saber o que se deve oferecer para ele.

“A primeira coisa que um cuidador deve fazer é conhecer os gostos dessa pessoa que ela está cuidando, procurar conhecer a história desse idoso para poder entretê-lo com atividades que são do interesse dele.”

O vereador Gilberto Natalini (PV), apoiador desse curso ministrado na Câmara Municipal de São Paulo, ressalta que a solidão e o sedentarismo são fatais para o idoso. O vereador destaca que a cidade de São Paulo conta com mais de 100 parques públicos que oferecem atividades a esses idosos.

“Os parques de São Paulo oferecem as duas coisas: oportunidade da pessoa conviver entre si e conviver com a natureza. E também dá a oportunidade de a pessoa andar, se movimentar. Além disso, há grupos de caminhada, de Tai Chi Chuan, de reflexão e de leitura.”

Outro apoiador do curso de capacitação de cuidadores de idosos é o vereador Mario Covas Neto (PSDB), que tem um histórico de atenção ao idoso, inclusive tendo sido presidente da Comissão do Idoso da Câmara Municipal de São Paulo, de 2013 a 2015. Ele alerta para a falta de atenção do poder público em geral com as necessidades do idoso e para o envelhecimento acelerado da nossa população. O parlamentar cita os Centros Dia, que são espaços de convívio dos idosos, com pouquíssimas unidades funcionando, como um exemplo da falta de cuidado com a melhor idade.

“O Centro Dia, a grosso modo, é uma creche para idosos. O cuidador, muitas vezes um familiar, não pode trabalhar porque está cuidando desse idoso.  Aí está uma clara razão que mostra como o idoso não é prioridade. Hoje se pensa muito em criança e adolescente e o idoso fica num segundo plano.”

O curso gratuito “Boas Práticas para a Atenção a Pessoa Idosa” é realizado todos os meses, na última quinta-feira. A enfermeira Claudia Vallone Silva, também responsável pelo curso, explica que ele capacita, mas não forma.

“Esse curso dá noções básicas para uma pessoa trabalhar ou morar com o idoso e fazer o melhor possível prevenindo doenças, quedas, broncoaspiração e uma série de coisas que pode acontecer com a pessoa idosa. Se esse indivíduo quiser continuar a carreira, o ideal é que ele faça um curso de formação.”

Além do curso de capacitação, uma palestra temática gratuita relacionada ao cuidado do idoso é oferecida também na Câmara Municipal de São Paulo sempre nas primeiras terças-feiras de cada mês. Para obter mais informações sobre o curso e a palestra você pode consultar o site: www.apoiosaudebemestar.com.br

Fonte Oficial: http://www.camara.sp.gov.br/blog/curso-mostra-que-convivio-social-e-fundamental-para-a-qualidade-de-vida-do-idoso/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Vereadores debatem temas ligados à saúde, meio ambiente e desestatização

Sessão Plenária desta terça-feira (22/10) MARCO ANTONIO CALEJODA REDAÇÃO Na tarde desta terça-feira (22/10), durante …