Campanha alerta para riscos de escalpelamento na Amazônia — Portal Brasil

Problema recorrente na região ocorre quando pessoas se aproximam do motor dos barcos e têm seus cabelos puxados pelo eixo


publicado:
29/08/2017 11h31


última modificação:
29/08/2017 11h31

Comunidades ribeirinhas da Amazônia vão receber material informativo de alerta aos riscos de escalpelamento. A campanha foi iniciada em ação ao Dia Nacional de Combate e Prevenção ao Escalpelamento, lembrado nessa segunda-feira (28).

Só no Amapá, foram mais de 140 vítimas nos últimos 10 anos. Para a secretária de Políticas para as Mulheres (SPM), Fátima Pelaes, a campanha é necessária porque ainda hoje esses acidentes acontecem, “deixando sequelas imensas às vítimas e seus familiares”

O grave ferimento ocorre quando as vítimas, ao se aproximarem do motor dos barcos por acaso, têm seus cabelos repentinamente puxados pelo eixo. A forte rotação ininterrupta do motor ao enrolar os cabelos em torno do eixo, arranca inexoravelmente todo ou parte do escalpo (parte superior da cabeça), inclusive orelhas, sobrancelhas e por vezes uma enorme parte da pele do rosto e pescoço, levando a deformações graves e até à morte.

O material informativo esclarece comunidades ribeirinhas sobre a prevenção e a legislação em vigor sobre o tema. “Temos que orientar sobre as formas de prevenção e cobrar a aplicação da lei, que obriga proteção no motor, eixo e partes móveis das embarcações”, afirmou a secretária Fátima Pelaes.

A campanha faz parte da parceria entre as equipes da SPM, em conjunto com a Marinha do Brasil e a Associação de Mulheres Ribeirinhas e Vítimas de Escalpelamento da Amazônia (AMRVEA).

Fonte: Portal Brasil, com informações da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/Rss-CidadaniaEJustia/~3/kVzyjdPWu4A/campanha-alerta-para-riscos-de-escalpelamento-na-amazonia.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

TJSP – Sistema Escalonado de Retorno ao Trabalho Presencial – AASP

TRIBUNAL DE JUSTIÇASPr – Secretaria da PresidênciaPROVIMENTO CSM Nº 2583/2020 Dispõe sobre o horário de …