São José dos Campos/SP: Integra estimula a autonomia da pessoa com deficiência

Esta sexta-feira (1º) foi dia de interação e animação para os atendidos do Centro de Referência da Pessoa com Deficiência – o Integra, da Prefeitura de São José dos Campos. Sessenta e cinco assistidos participaram da oficina de dança de sapateado, além de interagir durante a apresentação da comédia teatral “O assalto inusitado”, do grupo de teatro da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

A ação visa a valorização, a convivência familiar e comunitária e a inclusão social dessas pessoas na sociedade. É o caso de Beatriz Dezotti, 45 anos. “Quando morava em Campinas não tinha o que fazer. Resolvi me mudar pra São José, depois que minha irmã me trouxe aqui no Integra. Me sinto feliz porque aqui descobri que posso ter autonomia. Hoje completo dez anos que sou atendida na unidade”, disse a cadeirante.

Para o professor de teatro, Diego Forjac, a oficina estimula o convívio social. “Observo que os atendidos ganham mais autonomia e protagonismo”, ressaltou.

A atividade faz parte da programação de aniversário do Integra, que completa dez anos. Além de marcar o mês oficial da Inclusão Social da Pessoa com Deficiência, denominado de Setembro Verde.

Integra

O Centro de Referência da Pessoa com Deficiência atende aproximadamente 200 pessoas acima dos 14 anos com algum tipo de deficiência (física, auditiva, visual, intelectual, múltipla e autismo). Por meio de uma equipe multidisciplinar a unidade pública faz o acompanhamento dessas pessoas estimulando o desenvolvimento de suas competências e habilidades, de forma a estarem inclusas na sociedade. A unidade atende na rua Machado Sidney, 405, região centro. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

O atendimento especializado às pessoas com deficiência e suas famílias também é realizado pelas entidades sociais financiadas pela Prefeitura como a Agape, Aada, Aflape, Apae, Bem-te-vi, Asin, Pró-visão, Fonte de Vida, Gaia, Sorri e Sociedade Holística. Já as pessoas que estão em situação de risco pessoal e social o atendimento é feito pelos Centros de Referência Especializada de Assistência Social (Creas). 

Mais notícias
Apoio Social ao Cidadão

Fonte: http://www.sjc.sp.gov.br/noticias/noticia.aspx?noticia_id=27841.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …