São José dos Campos/SP: Matheus Nachtergaele abre o festival no Teatro Municipal nesta terça

A Fundação Cultural Cassiano Ricardo inicia, nesta terça-feira (5), a programação oficial do 32º Festivale – Festival Nacional de Teatro do Vale do Paraíba, que seguirá até o dia 10, em São José dos Campos. O tema da edição deste ano é ‘Olhares Contemporâneos’. Em mais de trinta anos de festival, as inscrições chegaram ao número recorde de 467 espetáculos.

Esta edição conta a participação de 17 grupos teatrais selecionados por edital – seis de São José dos Campos, oito da capital e do interior do Estado (São Paulo, Taubaté, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Itapira, São José do Rio Preto) e três dos estados de MG (Belo Horizonte), CE (Fortaleza) e RS (Porto Alegre). Completam a programação outros quatros grupos convidados e um em parceria.

Em seis dias de atividades, além de 30 espetáculos, a programação prevê intervenções, oficinas, shows musicais e mesa redonda. Tudo isso acontecendo em doze locais diferentes da cidade, entre teatros, parques, praças e até na própria sede da Fundação Cultural. São quase 500 pessoas envolvidas, entre equipe de organização, atores, diretores, pessoal técnico e outros profissionais.

Abertura e ingressos

O espetáculo ‘Processo de Conscerto do Desejo’, monólogo com o ator Matheus Nachtergaele, abre o festival no dia 5, às 20h, no Teatro Municipal. No encerramento, dia 10, também às 20h no Teatro Municipal, a Cia Academia de Palhaços apresenta a premiada peça ‘Adeus Palhaços Mortos’.

Os ingressos são solidários e devem ser trocados uma hora antes do início de cada espetáculo, na bilheteria dos teatros, por um quilo ou litro de alimento não perecível (arroz, feijão ou óleo), que será doado para entidades assistenciais do município, por meio do Fundo Social de Solidariedade de São José dos Campos.

De olho nas experiências

Para o curador André Ravasco, o festival tem uma importância muito grande para a região, porque faz um recorte na produção teatral de hoje no país, tendo como foco a produção local, com a participação de seis grupos da cidade. “Com o tema deste ano, ‘olhares contemporâneos’, tentamos lançar um olhar para as experiências que dialogam com essa proposta, não só com a linguagem teatral contemporânea, mas um novo olhar, um olhar atual”.

“No espetáculo de abertura, por exemplo, ‘Processo de Conscerto do Desejo’, com o ator Matheus Nachtergale, percebemos que ele parte de um material que não é dramático, mas sim poemas que a mãe dele escreveu um pouco antes de morrer; que ele transforma em uma dramaturgia. É uma apropriação contemporânea de um material não dramático”, explicou André.

Sobre o que o público pode esperar dos espetáculos e demais atividades programadas, André Ravasco afirma que o desejo é ter um festival que possa ampliar a compreensão do que é teatro, de como se faz teatro, trazendo para o público uma diversidade de temas, linguagens e assuntos diferentes. “Queremos que o festival provoque o pensamento, para que a partir dele possamos debater a sociedade em que vivemos com todas as suas contradições”, enfatizou.

Histórico e parcerias

O Festivale é realizado desde 1984 pela Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. A edição deste ano conta com o apoio e parceria do Parque Vicentina Aranha, por meio da Associação para o Fomento da Arte e da Cultura (AFAC), do Sesi SP, do Circuito Sescoop/SP de Cultura e do Fundo Social de Solidariedade de São José dos Campos.

Link para acessar catálogo da programação:

http://www.fccr.sp.gov.br/phocadownload/2017/ProjetosCulturais2017/Festivale/programacao%20festivale.pdf

 

 

Mais notícias
Fundação Cultural Cassiano Ricardo

Fonte: http://www.sjc.sp.gov.br/noticias/noticia.aspx?noticia_id=27843.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …