Câmara Municipal de São Paulo Idosos da zona norte de São Paulo são homenageados na Câmara

Homenagem aos idosos ocorreu no Salão Nobre da Câmara

DA REDAÇÃO

O número de pessoas com 60 anos ou mais no Brasil está crescendo acima da média mundial. De acordo com o Instituto de Geografia e Estatística, entre 2005 e 2015, essa faixa etária saltou de 9,8% para 14,3%. De acordo com o IBGE, a população idosa no Brasil vai triplicar até 2050.

Os dados despertam uma preocupação recorrente nas discussões sobre o futuro do país: como adaptar a estrutura existente ao novo perfil da sociedade brasileira? Essa questão ganha ainda mais relevância às vésperas do Dia Nacional do Idoso, comemorado todos os anos no dia 1º de outubro.

A data, que também marca a assinatura do Estatuto do Idoso, foi celebrada nesta quarta-feira (27/9) na Câmara Municipal de São Paulo. Nesta edição, moradores da zona norte da cidade foram homenageados no Salão Nobre.

A aposentada Olívia Miranda Augusto, da Freguesia do Ó, ficou feliz pela lembrança. Para ela, foi uma honra participar do evento na Casa Legislativa.

“Estou achando formidável, porque é tudo muito bonito, estou adorando. Eu sei que muitos idosos têm necessidades e precisam de mais cuidados. Mas eu moro com meus filhos e eles cuidam muito bem de mim. Então não tenho do que reclamar”, comemorou.

A coordenadora do Fórum da Pessoa Idosa de Pirituba, Teresinha Abreu de Souza, também foi homenageada. Ela lembrou, no entanto, que o caso de Dona Olívia infelizmente ainda é minoria. Ex-presidente do Conselho Municipal do Idoso, ela tem orgulho de ter participado da assinatura do Estatuto do Idoso em Brasília, em 2003.

“Sou favorável [ao estatuto], mas nós temos uma Lei que na verdade não é uma Lei. O estatuto do idoso tem mais de 100 artigos, mas ainda não é respeitado. Essa senhora [dona Olívia], que disse estar muito bem, ainda faz parte de uma minoria. Eu trabalho com idosos carentes que às vezes não têm o que comer. Luto muito por essa questão, porque também já tenho 78 anos. E acho que ainda estamos muito longe daquilo que precisamos para a pessoa idosa”.

O presidente da Associação Vila Zatt, em Pirituba, confirma as dificuldades enfrentadas rotineiramente pela população idosa. Segundo Osmar Valério Santana, o desrespeito ocorre em diversas áreas, principalmente na Saúde.

“Falta respeito. Não dão chances para o idoso. Falta remédio, médico (…) É difícil. Eu falo para as autoridades tomarem uma atitude porque desse jeito está ficando cada vez pior. Se você vai marcar uma consulta, demora três meses. E quando vai ao consultório o médico não está lá. O idoso hoje está sem direito a nada”, desabafou.

A iniciativa do evento na Câmara foi do deputado estadual Celino Cardoso (PSDB), em parceria com a vereadora tucana licenciada Aline Cardoso, secretária municipal de Trabalho e Empreendedorismo. A parlamentar falou sobre a necessidade de inclusão do idoso na sociedade, especialmente na busca por um emprego.

“A atividade econômica fica menos acessível conforme a pessoa vai envelhecendo. Mas ela precisa de renda, de um dinheirinho, mesmo quem já está aposentado. Então temos uma iniciativa que se chama ‘Programa de Inclusão Econômica’, pensado para os públicos mais vulneráveis. A ideia é usar nossas políticas de geração de renda e emprego e dar um olhar especial para que esse público prioritário seja atendido. Ou seja, um apoio ao empreendedorismo na terceira idade”.

A sessão solene em homenagem ao Dia Nacional do Idoso teve o apoio do gabinete do vereador Caio Miranda Carneiro (PSB). O vereador Mário Covas Neto (PSDB) também participou do evento.

Fonte Oficial: http://www.camara.sp.gov.br/blog/idosos-da-zona-norte-de-sao-paulo-sao-homenageados-na-camara/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Sarau Literário homenageia escritor, cronista e jornalista Lourenço Diaféria

Atualizado em (24/09/2018 – 20h50) | Geral, Notícias FELIPE PALMADA …