Porto Alegre/RS: Comunicao Social

03/10/2017 08:33:53


Foto: Ricardo Giusti/PMPA


Cerca de 200 pessoas participaram de mais uma rodada do frum

Temas como habitao, infraestrutura e cultura predominaram no debate do Frum Regional do Oramento Participativo (FROP), na  regio da Restinga, na noite dessa segunda-feira, 2, na Associao Ncleo Esperana. O evento reuniu aproximadamente 200 participantes, entre lderes comunitrios, conselheiros do Oramento Participativo, gestores dos Centros de Relaes Institucionais e Participativas (Crips), secretrios municipais, que estiveram com o prefeito Nelson Marchezan Jnior.

“ preciso um dilogo srio e transparente para ver o que possvel fazer nos prximos trs anos e meio”, disse o prefeito, depois de fazer uma breve explanao sobre as medidas do Executivo para enfrentar um dficit que no incio do ano era de R$ 815 milhes e o cenrio mais recente indica que faltam faltam cerca de R$ 311 milhes at o fechamento do ano.

Aos presentes, o prefeito ressaltou ser preciso refletir sobre o oramento pblico e principalmente sobre a aplicao dos valores destinados receita e despesa do Municpio. Segundo ele, o Oramento Participativo debate o interesse de cada comunidade, mas para a cidade como um todo preciso entender o oramento pblio, a receita e a despesa. “Temos que fazer a nossa parte. A gente j ultrapassou o limite prudencial da lei federal e destina 52% para o pagamento de pessoal. Sobra pouco para investimentos, para a  educao, para a sade, para colocar no Oramento Participativo”, enumerou.

O secretrio adjunto de Relaes Institucionais, Carlos Siegle,  destacou a importncia do OP e disse que o governo trabalha para mant-lo forte. Lembrou que so 2.384 demandas represadas e um passivo de R$ 1,5 bilho.

Manuteno de vias e iluminao – Durante a reunio, os participantes elencaram demandas como a manuteno de vias e da iluminao pblica, alm da realizao de atividades culturais na Restinga, o dficit habitacional e a regularizao fundiria de reas.  Conforme o secretrio adjunto de Infraestrutura e Mobilidade, Alcimar Arrais, a secretaria faz a Operao Tapa Buracos, cujo cronograma divulgado semanalmente. Lembrou ainda que a prefeitura est estruturando uma Parceria Pblico-Privada (PPP) para a iluminao pblica, o que vai qualificar o servio na capital.

Presidente do Departamento Municipal de Habitao (Demhab), Mrio Marchesan disse que o projeto do Ncleo Esperana j foi aprovado e encaminhado ao Judicirio para a emisso de escritura. Destacou que outros projetos esto em anlise na Caixa e iniciativas que incluem o associativismo e o cooperativismo so alternativas para o enfrentamento do dficit habitacional em Porto Alegre, de cerca de 50 mil famlias.

J o secretrio da Cultura, Luciano Alabarse, ressaltou que em conjunto com a comunidade sero encontradas alternativas para o financiamento de projetos e  a realizao de oficinas, por exemplo. Um encontro com conselheiros do OP, lembrou, foi realizado na semana passada.

Estiveram presentes os secretrios Erno Harzheim (Sade), Adriano Naves de Brito (Educao), a secretria adjunta do Desenvolvimento Social, Denise Ries Russo, o diretor do DMLU, Ren Souza, e o diretor adjunto do Dmae, Rafael Zanetti.


/orcamento_participativo

Texto de: Eliane Iensen
Edio de: Fabiana Kloeckner
Autorizada a reproduo dos textos, desde que a fonte seja citada.


Ver matéria completa em: http://lproweb.procempa.com.br/pmpa/prefpoa/cs/default.php?p_noticia=999193049.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …