Curitiba/PR: Menos de cinco minutos de atenção ajudam a prevenir o câncer bucal

Quem passou pela Boca Maldita nesta quinta-feira (26/10) teve a oportunidade de ver que não há motivo para medo da cadeira de dentista. Durante todo o dia, os profissionais abordaram quem passava pelo local, ofertando avaliações e orientações de prevenções de doenças da boca, especialmente o câncer bucal.

Quem aceitou o convite não gastou mais que cinco minutos entre preencher o cadastro, passar pela avaliação e receber o resultado. A ação faz parte da Semana de Saúde Bucal, que neste ano tem como tema a Prevenção do Câncer Bucal.

“É muito importante que as pessoas façam essa avaliação com frequência porque o câncer bucal é uma doença que, em estágio avançado, compromete órgãos importantes da face”, destacou a diretora do Departamento de Atenção Primária à Saúde da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Cristina Vidal Allegretti.

O fumo, o álcool e a falta de cuidados com a higiene favorecem o aparecimento do câncer bucal, que se manifesta principalmente em pequenas feridas no interior da boca que não cicatrizam.

Em Curitiba, uma média de 88 pessoas são diagnosticadas com esse tipo de câncer por ano. Dois terços das pessoas diagnosticadas são homens. Mas as medidas para evitar a doença são simples: bons hábitos de higiene, evitar o tabagismo e o consumo de bebidas alcóolicas, além de manter visitas regulares ao dentista.

“O câncer de boca não é nada agradável, pelo que vi nas fotos exibidas aqui. Então, o melhor é prevenir e, caso a doença apareça, tratar o quanto antes. Fiz minha avaliação rapidinho e está tudo bem”, contou o vigilante Natanael Felix, 57 anos, que estava de passagem pela Boca Maldita.

O câncer bucal é o sexto mais frequente entre os homens e o 15º entre as mulheres no Sul do Brasil. “A maioria das pessoas desconhece a importância dos cuidados com a boca, pensa que são só para prevenir cáries e ações como esta ajudam a orientar para manter a saúde”, elogiou o aposentado Eugênio Gall, 64 anos, que também fez a avaliação.

A ação foi uma parceria das secretarias municipal e estadual da Saúde, dos conselhos federal e regional de Odontologia, da Associação Brasileira de Odontologia e do Sindicado dos Odontologistas no Paraná, coordenados pela equipe do Serviço de Cirurgia Buco-Maxilo-Facial do Hospital Erasto Gaertner.

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/menos-de-cinco-minutos-de-atencao-ajudam-a-prevenir-o-cancer-bucal/43923.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …