Recadastramento biométrico de eleitores ultrapassa meta prevista em 54% — Tribunal Superior Eleitoral

 A Justiça Eleitoral superou em 54% a meta de recadastramento biométrico dos eleitores fixada para 2018. A previsão era de cerca de 9 milhões de eleitores, mas cerca de 14 milhões compareceram aos cartórios eleitorais para cadastrar de suas impressões digitais.

Em parceria com os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vem implementando a medida de maneira gradativa desde 2008. A meta é concluir o cadastro das digitais de todos os eleitores até 2022. 

Até o momento, cerca de 86 milhões de pessoas foram identificadas biometricamente em todo o país, o que corresponde a mais de 58% do total dos eleitores.

O gerente de projetos de Tecnologia da Informação do TSE, Alcides da Silva Júnior, comemorou a superação do quantitativo previsto este ano ainda no primeiro semestre. “O bom resultado é decorrência do trabalho de planejamento, preparação e execução realizado pela Justiça Eleitoral”, afirmou.

Resultados por estado

Dos 16 estados que realizaram o cadastramento nesta etapa, o Paraná foi o que obteve o resultado mais expressivo. Cadastrou cerca de 525 mil paranaenses, o que corresponde a um aumento de 1.444% em relação à meta prevista, de 24 mil eleitores.

Em segundo lugar, está o Acre, que atingiu mais de 36 mil cidadãos. O número corresponde a 351% a mais do que o pretendido pelo estado: 8 mil eleitores.

O Pará ficou na terceira posição. Mais de um milhão de eleitores participaram da iniciativa no estado, cuja previsão era biometrizar 253 mil pessoas. Um aumento de 346,68%, portanto.

Na quarta posição, está o Amazonas, que, embora tivesse como meta recadastrar cerca de 105 mil cidadãos, contou com a participação de mais de 291 mil eleitores, um registro positivo de 177%.  

Outros 12 estados também ultrapassaram os quantitativos previstos para 2018: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo.

A meta estabelecida para este ano inclui ainda os meses de novembro e dezembro. A reabertura do cadastro eleitoral ocorrerá no dia 5 de novembro.

O Distrito Federal e os estados de Alagoas, Amapá, Goiás, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e Tocantins já recadastraram 100% do eleitorado.

Biometria

O Projeto da Justiça Eleitoral de Identificação Biométrica tem por objetivo implantar, em âmbito nacional, a identificação biométrica do eleitor. A biometria garante cadastro único, uma vez que cada indivíduo tem impressões digitais exclusivas. Dessa forma, não é possível uma pessoa se passar por outra no momento do votação.

O projeto-piloto, realizado em 2008, envolveu pouco mais de 40 mil eleitores dos municípios de Colorado do Oeste (RO), São João Batista (SC) e Fátima do Sul (MS). Tanto o cadastramento biométrico quanto o reconhecimento das digitais durante as eleições foram um sucesso.

Nas Eleições de 2016, estavam aptos a serem identificados pela biometria mais de 46 milhões de eleitores (32,13% do eleitorado total de 144.088.912) em 1.541 municípios (27,67% do total, de 5.568).

Quem pretendia votar nas Eleições Gerais de 2018 teve até o último dia 9 de maio (data de fechamento do cadastro eleitoral) para solicitar à Justiça Eleitoral seu título de eleitor. O prazo também valeu para os eleitores alterarem seus dados cadastrais ou transferirem seu domicílio eleitoral. 

IC/LC, RC, DM

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Maio/recadastramento-biometrico-de-eleitores-ultrapassa-meta-prevista-em-54.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Código Eleitoral completa 53 anos neste domingo (15) — Tribunal Superior Eleitoral

Neste domingo (15), o Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965) completa 53 anos de vigência. Resultado …

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!