Promotor do MP conhece na prática atendimento à população de rua – Prefeitura de Curitiba/PR

O promotor de Justiça Régis Rogério Vicente Sartori, que atua na Promotoria de Justiça das Comunidades, visitou na noite desta quinta-feira (28/6), a Casa de Passagem Bairro Novo, uma das unidades da Prefeitura para acolhimento de pessoas em situação de rua. Ele esteve no bairro para participar de uma audiência pública na Rua da Cidadania Bairro Novo e aproveitou para conhecer as instalações e o atendimento ofertado a essa população.

Sartori conheceu os quartos, a cozinha, o refeitório e a área de convivência da unidade e pode acompanhar de perto o atendimento de acolhida a dois homens levados até o local pela equipe do Centro de Abordagem 24 Horas, serviço da Fundação de Ação Social (FAS).

O promotor foi recebido pelo administrador regional do Bairro Novo, Fernando Wernek, e pela supervisora da FAS na região, Tatiane Moiano. “Ele ficou impressionado e considerou o serviço de qualidade. Disse que não imaginava que as pessoas eram tão bem atendidas”, conta Wernek Bonfim.   

Durante a visita, o promotor falou da importância da descentralização, que leva os serviços públicos para os bairros, o que facilita o acesso de todas as comunidades.

Atendimento

No momento da visita, 68 pessoas estavam acolhidas na unidade, número abaixo da capacidade, que é de 150. A Casa de Passagem Bairro Novo foi implantada pelo prefeito Rafael Greca, em maio de 2017, para atender pessoas em situação de rua durante o inverno. A unidade que foi criada para um serviço emergencial nunca mais fechou as portas, por determinação do prefeito.

A unidade funciona na Rua David Tows, 2.604, no Sítio Cercado. No local, há quartos, banheiros, cozinha, refeitório, guarda-pertences, lavanderia e uma área para armazenamento de roupas que são fornecidas às pessoas que chegam. A unidade também tem capacidade para abrigar animais de estimação levados pelas pessoas acolhidas. A casa funciona das 19h às 7h.

No mesmo endereço funciona o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), que oferece atendimento das 9h às 18h. Nas duas unidades os usuários podem tomar café da manhã, almoçar, jantar, cuidar da higiene e receber roupas limpas e quentes, além de receberem atendimento especializado, de acordo com as necessidades de casa usuário.

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/promotor-do-mp-conhece-na-pratica-atendimento-a-populacao-de-rua/46678.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …