Cristovam Buarque vê ‘caos institucional’ na tentativa de soltura de Lula — Senado Notícias


Da Redação e Da Rádio Senado |
09/07/2018, 19h12 – ATUALIZADO EM 09/07/2018, 19h30

Em discurso nesta segunda-feira (9), o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) avaliou a tentativa de soltura do ex-presidente Lula, ocorrida neste domingo, como sinal do caos institucional brasileiro e da falta de credibilidade das autoridades da República. Ele atacou a politização das decisões do Judiciário, que considera inacreditável num regime democrático, e ressaltou que a desconfiança da população atinge todos os Poderes.

Nós vimos juízes batendo a cabeça – nem vou discutir aqui qual tem razão – nós vimos juízes politizando questões que deviam ser jurídicas, nós vimos que no Brasil de hoje o resultado do julgamento depende da sorte do réu em cair nas mãos de um juiz ou de outro juiz. Isto é inacreditável que esteja acontecendo numa situação democrática […] Isso está se generalizando. Estamos perdendo, ou já perdemos, a confiança no Poder Judiciário também – afirmou.

Cristovam cobrou uma ampla reforma política que seja “patriótica e não oportunista” e espera que os eleitores escolham seus candidatos conforme seu posicionamento diante dessa reforma. O senador também criticou a proposta de ampliação do número de cadeiras do Supremo Tribunal Federal e considera impossível para o Brasil continuar com um Judiciário em que cada juiz “determina o que quer sobre tudo”.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/07/09/cristovam-buarque-ve-caos-institucional-na-tentativa-de-soltura-de-lula.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Mulheres terão prioridade no recebimento do auxílio emergencial para dependentes — Senado Notícias

Mães terão prioridade no recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 para filhos que estejam …