Paulo Rocha critica ‘malabarismos’ do Judiciário — Senado Notícias


Da Redação e Da Rádio Senado |
10/07/2018, 19h44 – ATUALIZADO EM 10/07/2018, 20h01

O senador Paulo Rocha (PT-PA) avalia que o país vive uma “ditadura do Judiciário”: segundo ele, uma parte dos juízes teria se associado a uma combinação de parlamentares com os grandes meios de comunicação para rasgar a Constituição e tirar o direito do povo escolher seus representantes. Ele criticou a elite brasileira por só ter conquistado o poder através de golpes e denunciou os “malabarismos” jurídicos que sustentaram o impeachment de Dilma Rousseff e a prisão de Lula.

Para o senador, a decisão do desembargador Rogerio Favreto pela soltura do ex-presidente, provocando reação imediata do juiz Sergio Moro, desnudou o posicionamento de setores do Judiciário a serviço do que chamou de “golpe”.

— O Sr. Moro, que começou bem a investigação da Lava Jato, e nós entendíamos que era um instrumento importante do combate à corrupção, mas o próprio Moro [se] desmoralizou à medida que ele começou a direcionar a investigação, direcionando para um, para condenar, e passando a mão noutro, para não condenar.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2018/07/10/paulo-rocha-critica-201cmalabarismos201d-do-judiciario.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Mulheres terão prioridade no recebimento do auxílio emergencial para dependentes — Senado Notícias

Mães terão prioridade no recebimento do auxílio emergencial de R$ 600 para filhos que estejam …