Seguridade rejeita mudança na Política Nacional de Transplantes – Câmara Notícias

Billy Boss/Câmara dos Deputados

O relator, Alexandre Serfiotis, recomendou a rejeição da proposta

A Comissão de Seguridade Social e Família rejeitou o Projeto de Lei 912/03, do ex-deputado Dr. Heleno, que pretendia estabelecer o grau de prioridade de emergência médica como critério na fila de transplante. Atualmente a Política Nacional de Transplantes (leis 9.434/97 e 10.211/01) define que o atendimento é feito de acordo com a ordem da data de inscrição do paciente.

O relator, Alexandre Serfiotis (PSD-RJ), recomendou a rejeição do texto principal e dos oito apensados, dos quais quatro tratavam também da transparência da lista única de transplantes. “A situação clínica do paciente não é o único fator a ser considerado, havendo que se levar em conta a compatibilidade genética, a compatibilidade antropométrica e o tempo de espera”, disse.

Como foi rejeitada na única comissão que analisaria seu mérito, a proposta será arquivada, a menos que haja recurso para análise do Plenário.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Projeto que prevê portabilidade da conta de energia pode ser votado hoje – Câmara Notícias

raltinata Na prática, o consumidor continuará sendo atendido pela sua distribuidora, mas a energia será …