TSE recebe comitiva de dez países africanos interessados no sistema de votação brasileiro — Tribunal Superior Eleitoral

Uma comitiva formada por dez países africanos participou, na manhã desta sexta-feira (13), de um encontro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE)para conhecer o sistema eletrônico de votação brasileiro.

Representantes de Angola, de Botswana, do Malawi, de Moçambique, da Namíbia, da República Democrática do Congo, da África do Sul, da Tanzânia, da Zâmbia e do Zimbabwe foram recebidos pelo assessor Internacional do TSE, Ciro Leal, e também pelo secretário de Tecnologia da Informação (STI), Giuseppe Janino.

A visita foi realizada atendendo a um pedido do embaixador da África do Sul, Joseph Mashimbye, que também atua como coordenador da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (CADC).

Ciro Leal falou aos visitantes sobre o sistema eleitoral brasileiro de forma geral. Ele explicou como são eleitos os representantes políticos, falou acerca da diferença entre eleições gerais e eleições municipais e tratou dos cargos que estarão em disputa em 2018. Também abordou outros assuntos relativos ao aspecto institucional e às funções desempenhadas pela Justiça Eleitoral.

Já Giuseppe Janino fez uma apresentação voltada ao sistema eletrônico de votação, mostrando detalhadamente o funcionamento da urna eletrônica, desde o início da votação até a fase de apuração dos votos.

Na visão dos representantes do TSE, de forma geral, esses países têm grande interesse no sistema eletrônico de votação e, portanto, é bastante recorrente essa manifestação no sentido de querer conhecer nosso sistema para, eventualmente, implantar sistema semelhante em seus países.

CM/LC

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Julho/tse-recebe-comitiva-de-dez-paises-africanos-interessados-no-sistema-de-votacao-brasileiro.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Impulsionamento eletrônico – Luis Victor Tebar Donegá I Momento eleitoral nº 44

A propaganda eleitoral na Internet pode ser realizada mediante impulsionamento de conteúdos? O assessor do …