Orçamento da educação é discutido em Audiência Pública

DA REDAÇÃO
EMANUEL BELMIRO

Representantes da Secretaria Municipal da Educação, Fazenda, TCM (Tribunal de Contas do Município), Ministério Público Estadual, especialistas e professores da rede pública da capital paulista, estiveram presentes á Audiência Pública realizada pela Comissão de Finanças e Orçamento, ocorrida nesta quarta-feira (8/8) na Câmara Municipal de São Paulo, para debater sobre os gastos municipais com a manutenção e o desenvolvimento do ensino na cidade.

Durante a reunião, a Secretaria de Educação apresentou alguns números, entre os quais que a capital paulista conta com 3 mil unidades de ensino, onde estudam mais de 1 milhão de alunos e cujo orçamento anual da pasta é de cerca de 11,7 bilhões. Mas no aspecto financeiro houve divergências em relação a dados do TCM e os expostos pela Secretaria de Educação.

Situação que levou o presidente da Comissão a defender a criação de uma Subcomissão na Câmara destinada a acompanhar os gastos com a educação pública na cidade de São Paulo. “ A partir dessa Subcomissão, que nós vamos criar, será possível detectar mais detalhadamente como essas verbas vem sendo trabalhadas na educação municipal. Precisamos compreender melhor esses gastos”, disse Tatto.

O vereador Fernando Holliday (DEM), também defende que a os gastos referentes a educação sejam melhor analisados por parte do Legislativo. “Não é a primeira vez que aparecem algumas divergências com relação aos dados apresentados pela Prefeitura e pelo Tribunal de Contas do Município, por isso que é bem vinda esta iniciativa de se criar uma Subcomissão ligada a esses dados”, disse o parlamentar.

O secretario adjunto de Educação, Daniel de Bonis, presente a reunião, se comprometeu em tornar os dados referentes aos gastos com educação ainda mais transparentes e acessíveis. Ele também considerou positiva a intenção da Comissão de criar uma subcomissão para acompanhar os gastos na educação pública municipal. “Tivemos hoje a oportunidade de ouvir aqui a exposição de técnicos, especialistas e profissionais da educação, e mostramos como o município vem cumprindo todos os dispositivos legais e constitucionais. A criação desta Subcomissão só vai nos ajudar a melhorar ainda mais nossa política pública voltada a educação”, disse.

Fonte Oficial: http://www.saopaulo.sp.leg.br/blog/orcamento-da-educacao-e-discutido-em-audiencia-publica/.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Câmara homenageia desembargador Paulo Dimas

Atualizado em (18/12/2018 – 15h07) | Geral, Notícias, Sessão Solene …