Curitiba prepara o 2º Plano Municipal de Segurança Alimentar – Prefeitura de Curitiba/PR

Curitiba prepara o 2º Plano Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, que valerá para o período de 2019 a 2022. Nesta quarta-feira (10/10), secretários e representantes do novo Comitê de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan) da capital, que participará da elaboração do novo plano, tiveram a primeira reunião e debateram ações que já estão sendo realizadas pela Prefeitura para valorizar a alimentação saudável e o consumo consciente. O Caisan será oficializado no dia 18 de outubro pelo prefeito Rafael Greca.

No encontro, que teve apresentação do secretário municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab), Luiz Gusi, estavam os secretários municipais da Saúde, Márcia Huçulak; da Educação, Maria Sílvia Bacila; e do Governo, Luiz Fernando Jamur. A superintendência executiva da SMS, Beatriz Battistella Nadas; e o superintendente da Smab, Edson Rivelino Pereira, também participaram a reunião, bem como membros da equipe técnica da Smab e da Secretaria do Meio Ambiente.

Segundo o secretário Gusi, o novo plano de segurança alimentar e nutricional da capital será composto por ações, indicadores e metas dos vários órgãos da Prefeitura que realizam ações ligadas ao tema. “Nosso grande desafio será sensibilizar toda a população, através de uma atuação conjunta, sobre a importância de se rever hábitos alimentares, evitando o consumo de alimentos industrializados e priorizando produtos saudáveis, como frutas e hortaliças”, salienta ele.

Gusi também apresentou alguns programas da Prefeitura voltados à segurança alimentar e nutricional, como os Armazéns da Família, que beneficiam 250 mil famílias da capital; as 25 hortas urbanas com apoio do município e as ações de valorização dos 34 mil agricultores da região através do Programa de Desenvolvimento Produtivo Integrado da Região Metropolitana de Curitiba (Pró-Metrópole). “Além disso, o prefeito Rafael Greca acaba de sancionar a nova lei que regulamenta o uso de espaços públicos e privados da cidade para a agricultura urbana”, acrescentou o secretário.

Como a agricultura urbana e o consumo de alimentos saudáveis são prioridades do município, o secretário Gusi convidou o chef Reinhard Pfeiffer, professor de Gastronomia Responsável do Centro Europeu, para preparar pratos com ingredientes cultivados nas hortas apoiadas pelo município e com itens disponíveis nos Armazéns da Família da Prefeitura. Todas as criações foram servidas aos participantes do encontro.

Da Horta Comunitária do Jacu, no Bom Retiro, vieram a cenoura, o brócolis, a couve-flor e o alho porró usados na quiche de legumes da estação. O suco saboreado pelos participantes foi preparado com ora-pro-nóbis, uma planta alimentícia não convencional (panc), muitas vezes descartada como mato. O chef também preparou mini cookies de fubá com erva-mate e um brownie de feijão com geléia de casca de maracujá.  

Campanha

Gusi antecipou ainda que, além da oficialização do Caisan, no dia 18 de outubro, o prefeito Rafael Greca lançará uma grande campanha de conscientização da importância da alimentação saudável. “Vamos mostrar que os produtos enlatados, sucos em caixinha, refrigerantes e biscoitos,  por exemplo, devem ser substituídos por frutas, oleaginosas, leguminosas e hortaliças”, revelou ele.

A criação do Caisan e o lançamento da campanha fazem parte da programação especial em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação (16/10).

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/curitiba-prepara-o-2-plano-municipal-de-seguranca-alimentar/47872.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rua da Cidadania do Cajuru retoma o Encontro dos Artistas – Prefeitura de Curitiba/PR

    Recomeça nesta quinta-feira (25/10), às 19h, no auditório da Rua da Cidadania do …