Imigrantes venezuelanos recebem acesso à Escola do Trabalhador no PR — Governo do Brasil

Os imigrantes venezuelanos que estão abrigados no Paraná agora podem usufruir dos cursos da Escola do Trabalhador. A iniciativa do Ministério do Trabalho vai capacitar esses profissionais para que possam ingressar no mercado de trabalho. A plataforma de aulas online é gratuita e, ao final, o aluno recebe um certificado emitido pela Universidade de Brasília (UnB).

Os cursos à distância ainda vão contribuir para melhorar a comunicação em português dos refugiados, pois há modalidades do idioma para falantes de espanhol. A medida faz parte do programa de interiorização dos imigrantes, que chegaram ao País por Roraima e estão sendo transferidos para outros estados.

No processo de interiorização, os venezuelanos recebem vacinas e são inscritos no Cadastro de Pessoa Física (CPF), e recebem também uma carteira de trabalho para que possam ser formalizados. Ao todo, 300 venezuelanos vivem no Paraná. Desde abril, mais de 2,7 mil imigrantes já foram transportados de Boa Vista (RR) para outros estados, como Distrito Federal, São Paulo e Amazonas.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério do Trabalho e Ministério dos Direitos Humanos

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/Rss-CidadaniaEJustia/~3/s1w51lpdBzA/imigrantes-venezuelanos-recebem-acesso-a-escola-do-trabalhador-no-pr.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Giro AASP: confira novidades do TSE, TJPB e mais – AASP

Acompanhe a edição de hoje do Giro AASP, que reúne notícias e informações relevantes dos …