Senado aprova aumento salarial para ministros do STF – Migalhas

Nesta quarta-feira, 7, o Senado aprovou projetos de lei que concedem aumento salarial aos ministros do STF e à procuradora-Geral da República. Por 41 votos a 16 e uma abstenção, a remuneração vai de R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Os textos seguem para a sanção presidencial.

A remuneração dos ministros é referência para o teto salarial do funcionalismo e pode provocar um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

No entanto, ao finalizar a votação das matérias, o presidente do Senado, Eunício Oliveira, ressaltou que as propostas já haviam sido aprovadas pela Câmara dos Deputados, e disse que há um compromisso do presidente do STF em não impactar o Teto de Gastos:

“O ministro Dias Toffoli me autorizou, inclusive, a relatar a este Plenário que não haverá aumento do teto de gasto dos órgãos.  Portanto, está mantida a Emenda constitucional 95, aprovada pelo Congresso Nacional.”

A matéria havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados, mas tramitava no Congresso desde 2016, depois de ter ficado paralisada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Neste ano, o Supremo aprovou um reajuste de 16% no salário dos ministros da Corte a partir de 2019.

Último aumento

O último aumento do salário dos ministros do STF, que serve de teto para o funcionalismo público em todo o Brasil, ocorreu em janeiro de 2015. O valor foi fixado em R$ 33.763,00. Na mesma ocasião, foi fixado valor idêntico para o salário do procurador-geral da República e para o subsídio mensal de deputados e senadores.




Fonte Oficial: https://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI290713,11049-Senado+aprova+aumento+salarial+para+ministros+do+STF.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comunidade quilombola recebe título definitivo de terra — Governo do Brasil

O território quilombola Peruana, localizado no município de Óbidos (PA), recebeu, na última quinta-feira (8), …