Indicado a secretaria do Itamaraty apoiou Bolívia no Mercosul – Congresso em Foco

Indicado na noite desta quarta-feira (5) para a Secretaria-geral do Itamaraty de Ernesto Araújo, que assumirá a pasta no governo de Jair Bolsonaro (PSL), o diplomata Otávio Brandelli apoiou a entrada da Bolívia no Mercosul. Brandelli, que é diretor do Mercosul no ministério, foi anunciado no twitter do futuro chanceler.

O governo da Bolívia, que é um “Estado associado em processo de adesão” ao bloco, é criticado por Bolsonaro por compor o Foro de São Paulo e por seu alinhamento com os partidos de esquerda no Brasil. Em vídeo gravado no final do ano passado à ativista Carla Zambelli (PSL-SP), que se elegeria deputada federal no último mês de outubro, o então pré-candidato à Presidência criticou o mandatário boliviano, Evo Morales.

“Nós temos que nos preocupar, não apenas ficarmos vigilantes, mas cada um fazer a sua parte para que não tenhamos dias sombrios no futuro, com essa esquerda que ainda, em grande parte, se encontra nos poderes no Brasil, na Bolívia e em vários outros países da América do Sul”, disse Bolsonaro ao final da entrevista.

A adesão boliviana ao Mercosul teve a entrada aprovada pela Comissão de Relações Exteriores da Câmara, em maio deste ano. Brandelli disse em audiência no Senado, em agosto, que o ingresso do país é desejável por motivos econômicos: o fornecimento de gás natural (90% das exportações do país para o Brasil), o investimento crescente dos bolivianos em energia hidrelétrica e suas reservas de lítio, que o embaixador chamou de “energia do futuro”.

“Um país que tem toda essa potencialidade e é nosso vizinho, é quase natural entender que deva haver uma aproximação no sentido da integração”, defendeu Brandelli.

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Marielle foi assassinada por milicianos por causa de terras, diz general – Congresso em Foco

Em entrevista ao jornal Estadão, publicada nesta sexta-feira, o secretário de Segurança Pública do Rio, …