Sede da editora Abril é pichada e depredada em protesto – Congresso em Foco

Um protesto reunindo cerca de dez pessoas na Zona Oeste de São Paulo, na noite de ontem (24), resultou em pichação e depredação da sede da editora Abril, que edita revistas como Veja. Os manifestantes derrubaram lixeiras, espalharam lixo e picharam paredes e muros, e empunhavam cartazes com dizeres como “Veja mente”. Policiais e seguranças da Abril dispersaram o grupo, sem registros de confronto.

O protesto é uma reação à capa da revista Veja desta semana. Segundo a revista, que teve sua edição adiantada em dois dias devido às eleições, a presidenta Dilma Rousseff e seu antecessor, Lula, “sabiam de tudo” em relação ao esquema de corrupção na Petrobras, desbaratado pela Polícia Federal na Operação Lava-Jato. Ontem (sexta, 24), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que a revista reproduza sua capa em qualquer meio de comunicação que não os seus próprios veículos (impresso e internet).

Relator do processo no TSE, o ministro Admar Gonzaga disse que cabe à corte zelar pela isonomia do processo eleitoral. Para o magistrado, a publicação não apenas mostra “nítidos propósitos comerciais”, mas tem “contornos de propaganda eleitoral” e comete “interferência indevida e grave em detrimento de uma das candidaturas”.

Questionada sobre o ato contra a Abril, Dilma se disse contra qualquer tipo de vandalismo. “Repudio todas as formas de violência como resposta e discussão política. Isso é uma barbárie, não deve ocorrer, deve ser coibido”, disse Dilma, segundo a Agência Brasil, em seu último ato de campanha, em Porto Alegre.

Campanha de Dilma pediu a Youssef R$ 20 milhões, diz Veja

Mais sobre eleições 2014

Assine a Revista Congresso em Foco

Continuar lendo em Congresso em Foco.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Proposta na Câmara barra mulheres trans no esporte feminino – Congresso em Foco

O deputado Júlio César Ribeiro (PRB-DF) apresentou na Câmara, na última terça-feira (30), um projeto …