Ouvidoria do TSE realizou mais de 146 mil atendimentos em 2018 — Tribunal Superior Eleitoral

Cidadãos e eleitores têm à disposição um canal direto de comunicação com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por meio da Ouvidoria da Corte. As demandas chegam por e-mail, telefone, cartas, e até mesmo pela página do TSE no Facebook. Outra forma de enviar consultas, sugestões, questionamentos, reclamações e críticas é preenchendo formulário disponível no site do Tribunal, na seção da Ouvidoria. Em 2018, foram atendidas 146.060 solicitações.

Desse total, 108.398, ou seja, 74,21%, chegaram em outubro, mês em que foram realizados o primeiro e o segundo turno das Eleições 2018. Após outubro, o mês mais demandado foi setembro, que recebeu 8.216 solicitações, 5,63% do total.

Pedidos de informação concentram a maior das demandas recebidas. Como regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral, como fazer a justificativa eleitoral, obter certidão de quitação de crimes eleitorais e o título de eleitor foram os assuntos mais demandados. Esclarecimentos sobre o trabalho de mesários, fake news, entre outros, também foram solicitados.

Após os pedidos de informação, as demandas concentram-se, nessa ordem, em reclamações, denúncias, sugestões e solicitações apresentadas com base na Lei de Acesso à Informação.

Cerca de 85% do público atendido avalia positivamente o serviço prestado pelo TSE. Os cidadãos que mais enviam solicitações têm de 19 a 59 anos e trabalham em empresas privadas. São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais são os estados de onde chegam mais demandas.

A página da Ouvidoria informa que o serviço não encaminha denúncias de crimes, que devem ser comunicados ao Ministério Público ou à polícia, e não responde a reclamações, críticas ou denúncias anônimas. Também não são realizados serviços de consultoria jurídica.

A Ouvidoria do TSE pode ser acessada pela internet e pelo telefone do Disque-Eleitor: (61) 3030-8700.

RG/RR

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2018/Dezembro/ouvidoria-do-tse-realizou-mais-de-146-mil-atendimentos-em-2018.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Arquivo do TSE guarda 87 anos de história da instituição e da Justiça Eleitoral — Tribunal Superior Eleitoral

A gestão documental é tarefa imprescindível para a instituição que busca preservar sua história e …