Brasil doa R$ 15 milhões para acolhimento de imigrantes — Governo do Brasil

O Brasil doou R$ 15 milhões para o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur) e para a Organização Internacional para as Migrações (OIM), medida oficializada por medida provisória publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (4).

De acordo com o texto da medida, a doação foi efetuada “para fins de acolhimento a pessoas em situação de vulnerabilidade decorrente de fluxo migratório provocado por crise humanitária”. O trabalho da Acnur é proteger os refugiados e “promover soluções duradouras para seus problemas”, segundo a própria agência.

Por meio do trabalho da Acnur, sob a tutela do governo brasileiro, o imigrante refugiado vindo de países em situação de crise humanitária pode obter documentos, trabalhar, estudar e exercer os mesmos direitos que qualquer cidadão estrangeiro legalizado. Já a Organização Internacional para as Migrações (OIM) é a principal organização intergovernamental mundial líder em migrações.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Diário Oficial da União

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/Rss-CidadaniaEJustia/~3/MCf8VclHoxE/brasil-doa-r-15-milhoes-para-acolhimento-de-imigrantes.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Os quatro pilares dos serviços jurídicos – Jornal do Comércio

Um dos fluxos de recursos na economia refere-se à prestação de serviços e os serviços …