Programa “Minuto da Biometria” informa eleitores sobre recadastramento biométrico pelas redes sociais do TSE — Tribunal Superior Eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lança nesta sexta-feira (8), em seus canais nas redes sociais, o programa “Minuto da Biometria”. Os episódios serão veiculados nas páginas do TSE no Youtube, Twitter, Facebook e Instagram. O programa também será compartilhado via WhatsApp.

O Minuto da Biometriareuniráinformações produzidas pelo TSE e pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), além de entrevistas com especialistas da área, sobre o recadastramento realizado por meio do sistema biométrico, ou seja, mediante a coleta das digitais e da fotografia dos eleitores. Além de explicar os benefícios dessa forma de identificação, que garante que o registro de cada eleitor seja único, o programa vai informar sobre as localidades onde o recadastramento é obrigatório.

Um dos objetivos do Minuto da Biometriaé garantir que a população acompanhe a superação das metas de recadastramento pela Justiça Eleitoral, até que a totalidade do eleitorado seja identificada biometricamente. Essa forma de identificação dos eleitores começou a ser implementada em 2008. A previsão da Justiça Eleitoral é concluir até 2022 a coleta das digitais de todo o eleitorado nacional, que conta hoje com cerca de 147,3 milhões de pessoas.

O Minuto da Biometria também será exibido nos intervalos da programação da TV Justiça e enviado para a NBR, TV Senado e outros 290 veículos parceiros da Justiça Eleitoral.

RG/RR, DM

Leia mais:

30.01.2019 – Biometria: Justiça Eleitoral deverá cadastrar 35 milhões de eleitores no biênio 2019/2020

http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Janeiro/biometria-justica-eleitoral-devera-cadastrar-35-milhoes-de-eleitores-no-bienio-2019-2020

Fonte Oficial: http://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2019/Fevereiro/programa-minuto-da-biometria-informa-eleitores-sobre-recadastramento-biometrico-pelas-redes-sociais-do-tse.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Emissão de GRU para pagamento de multa eleitoral está disponível no Portal do TSE — Tribunal Superior Eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza, em seu Portal na Internet, a emissão da Guia …