Desastre de Brumadinho é resultado de negligência de autoridades públicas, diz Elmano — Senado Notícias

Em discurso nesta segunda-feira (11) em Plenário, o senador Elmano Férrer (Pode-PI) criticou o descaso do governo com a segurança das barragens no Brasil. Para ele, o país não aprendeu nada com a tragédia ocorrida em Mariana (MG), em 2015, e isso levou ao desastre de Brumadinho (MG), no , em 25 de janeiro, quando uma barragem da mineradora Vale se rompeu, soterrando centenas de pessoas e destruindo com rejeitos tóxicos o Rio Paraopebas.

— Há tempos venho alertando a sociedade e o poder público sobre o descaso histórico a que nossas barragens são condenadas — o parlmaentar, que analisou a política de segurança de barragens no ano passado, no âmbito da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR).

O senador salientou que a maior parte das milhares de barragens do país não têm monitoramento e fiscalização. No relatório, Elmano observou que apenas 3% das barragens foram fiscalizadas no ano passado. As duas tragédias foram anunciadas, afirmou o parlamentar.

— Em dezembro passado apresentei a esta Casa o relatório de avaliação da Política Nacional de Segurança de Barragens, que desenvolvemos no âmbito da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo aqui do Senado. Para nós, que trabalhamos na elaboração desse texto, que realizamos duas audiências públicas aqui em Brasília, aqui no Distrito Federal, e uma outra em Teresina, dói perceber que Brumadinho, como Mariana, não foi um caso fortuito, uma fatalidade. Ambas eram tragédias anunciadas. Foi resultado da negligência e da desídia — disse o senador.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/02/11/desastre-de-brumadinho-e-resultado-de-negligencia-de-autoridades-publicas-diz-elmano.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Senado pode aprovar PEC até julho, diz Davi — Senado Notícias

Reforma da Previdência: Senado pode aprovar PEC até julho, diz Davi 22/02/2019, 18h03 …