Brasil cumpre seu papel ao enviar ajuda humanitária à Venezuela — Governo do Brasil

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o Brasil está fazendo seu papel ao enviar ajuda humanitária para a população venezuelana. Ele está em Pacaraima (RR), na espera de que o regime de Nicolás Maduro abra as fronteiras para o carregamento de remédios e alimentos.

Araújo explicou que dois caminhões levam remédios de todos os tipos, além de arroz doado pelos Estados Unidos e leite em pó doado pelo Brasil. Pelas regras definidas pelo governo brasileiro, os suprimentos são transportados por caminhões e motoristas venezuelanos.

“Hoje estamos aqui para exercer esse papel na fronteira, acompanhando esse primeiro carregamento que veio de Boa Vista (RR), com doações dos Estados Unidos e do próprio Brasil”, explicou o ministro. “Estamos na expectativa de que se permita o ingresso disso, se permita a distribuição. Esse é apenas o início de um processo”, afirmou.

O primeiro carregamento tem entre 6 e 7 toneladas e deve ser capaz de atender cerca de 6 mil pessoas. A expectativa é de que esses suprimentos durem até um mês. A previsão é de que o governo brasileiro envie 200 toneladas de produtos, entre alimentos e remédios.

 

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Itamaraty

              Na expectativa de que se permita o ingresso disso, se permita a distribuição. Esse é apenas o início de um processo

Fonte Oficial: http://feedproxy.google.com/~r/Rss-CidadaniaEJustia/~3/Rb4pHc8mEZ0/itamaraty-brasil-cumpre-seu-papel-ao-enviar-ajuda-humanitaria-a-venezuela.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Se Cristina Kirchner voltar, Argentina virará uma Venezuela, diz Bolsonaro – Congresso em Foco

Por Rafael Neves Em 02 maio, 2019 – 20:17 Última Atualização 02 maio, 2019 …