Longa argentino e sátira portuguesa estreiam nos cinemas da FCC – Prefeitura de Curitiba/PR

Um grupo de mulheres com desejos que desafiam as regras e uma jornada em busca de novas formas de se relacionar.  Este é o mote do road movie argentino “As Filhas do Fogo”, dirigido por Albertina Carri, que estreia no Brasil nesta quinta-feira (14/3).  A Cinemateca de Curitiba integra as salas selecionadas para o lançamento nacional do premiado longa metragem, com sessões às 19h. A classificação etária é 18 anos.

O filme, que se passa na Patagônia argentina, explora uma jornada poliamorosa iniciada por três mulheres. Antes de estrear em circuito comercial no Brasil, o longa circulou e foi premiado em festivais importantes mundo afora, como Bafici 2018, San Sebastián Film Festival, Festival de Roterdã, Festival do Rio e Festival Mix Brasil 2018.

A diretora, Albertina Carri, é uma das personalidades que ajudaram a consolidar o conceito “Nuevo Cine Argentino” (novo cinema argentino). Ela se destaca por sua versatilidade e constante pesquisa abrangendo vários gêneros, que vão desde o film noir ao documentário, passando pela ficção, o melodrama pornográfico e o drama familiar. Diretora, produtora e roteirista, nasceu em Buenos Aires, em 1973, onde atualmente trabalha e vive.

Sátira

Outra estreia desta quinta-feira (14/3), é o longa metragem “Diamantino”, uma coprodução entre Portugal, França e Brasil, que apresenta uma sátira em torno de uma celebridade do futebol (inspirado no jogador português Cristiano Ronaldo). O filme entra em cartaz no Cine Guarani, com sessões às 16h.

O longa, dos diretores do português Gabriel Abrantes e do norte-americano Daniel Schmidt, conta a história de Diamantino (Carloto Cotta, cópia fiel de Cristiano Ronaldo), o maior jogador de futebol do mundo, que perde seu talento e encerra sua carreira em desgraça.

A história mostra a imaginação infantil de Diamantino, que enxerga gigantescos cãezinhos felpudos envoltos em névoa cor-de-rosa quando está em campo, e as armações de suas irmãs gêmeas que passam a gerenciar sua carreira e permitem que ele se torne uma experiência pseudocientífica para ser clonado.

Em busca de um novo propósito na vida, o ícone internacional embarca numa odisseia delirante, onde ele enfrenta o neofascismo, a crise dos refugiados, mutações genéticas, e a busca pela origem de seu gênio.

Lançado em dezembro, Diamantino foi vencedor da 57º Semana da Crítica de Cannes, em 2018 e apresentado no Festival de Toronto, na Mostra de Cinema de São Paulo e Festival do Rio, entre outros. 


Serviço: As Filhas do Fogo

De 14 a 27 de março de 2019 (exceto dias 15, 20, 21 e 22)

(Argentina, 2019, drama erótico, 111’)

Direção: Albertina Carri

Elenco: Cristina Banegas, Sofía Gala, Erica Rivas

Classificação: 18 anos

Horário: 19h

Local: Cinemateca (Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174)

Ingresso: R$ 10 e R$ 5


Diamantino

(Brasil-Portugal-França, 2018, Ficção-comédia, 99′)

De 14 a 20 de março de 2019

Direção: Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt (2018)

Elenco: Carloto Cotta, Cleo Tavares, Anabela Moreira, Margarida Moreira, Joana Barrios, Maria Leite

Classificação: 14 anos

Horário: 16h

Local: Cine Guarani (Av. República Argentina, 3430 – Portão Cultural)

Ingresso: R$ 12 e R$ 6 (meia)


 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/longa-argentino-e-satira-portuguesa-estreiam-nos-cinemas-da-prefeitura/49579.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Famílias atingidas por alagamento de fevereiro recebem móveis – Prefeitura de Curitiba/PR

Famílias que tiveram as casas alagadas durante o temporal que atingiu Curitiba, em fevereiro, começaram …