Câmara comemora aniversário da Zona Franca de Manaus e da Suframa – Notícias

Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Sessão solene pelo aniversário da Zona Franca de Manaus

A Câmara dos Deputados promoveu sessão solene nesta sexta-feira (15) em homenagem ao aniversário de 52 anos da Zona Franca de Manaus e da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

Em discurso lido em Plenário, o presidente Rodrigo Maia ressaltou o potencial da iniciativa para o desenvolvimento do País. “Atrair pessoas para desenvolver tecnologias em localidade tão distante dos grandes centros econômicos era um enorme desafio, mas o desafio foi vencido”, disse.

O deputado José Ricardo (PT-AM), um dos autores do requerimento para realização da solenidade, destacou que o Amazonas depende do polo industrial. “Muitos não sabem o que é produzido na Zona Franca. Nós temos o desafio de tentar desmistificar e levar informações a todos”, afirmou.

A Zona Franca é um modelo econômico de desenvolvimento criado ainda no governo de Juscelino Kubistchek, apesar de ter sido efetivada 10 anos mais tarde. Empresas que se instalem na região têm isenções de impostos e incentivos.

Atualmente, existem cerca de 600 indústrias na Zona Franca de Manaus, que comercializam diversos tipos de produtos químicos, eletrônicos, informáticos, automobilísticos, entre outros. Embora o polo industrial seja o mais destacado, a zona engloba ainda um polo comercial e outro agropecuário.

Gastos tributários
O deputado Marcelo Ramos (PR-AM) destacou que a zona franca representa apenas 8,5% dos gastos tributários do País, enquanto a região sudeste concentra 52,5%. “Se nós precisamos iniciar um debate sobre revisão de incentivos fiscais, o local para começar esse debate não é no Amazonas”, afirmou.

Melhorias
O órgão responsável pela fiscalização e administração do local, a Suframa, também completou 52 anos de existência. O novo superintendente do órgão, coronel Alfredo Menezes, ressaltou o objetivo de alcançar todos os municípios da área de abrangência da Superintendência. “Precisamos aprimorar mecanismos, melhorar o ambiente de negócios, aumentar o estoque de estruturas física e logística, e intensificar nossas exportações”, recomendou.

Para o prefeito de Manaus, Arthur Vigílio, investimentos são necessários para o funcionamento correto do polo industrial. “Nós temos falência de infraestrutura, nossa telefonia celular não funciona, nossa internet é precária”, lamentou.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Rogério Carvalho critica proposta de reforma da Previdência — Senado Notícias

O senador Rogério Carvalho (PT-SE) afirmou nesta segunda-feira (18), em pronunciamento no Plenário, que a …