CDH discute alteração no Estatuto das Cidades e revogação do Teto de Gastos — Senado Notícias

Oito projetos, uma sugestão legislativa e quatro requerimentos de audiências públicas estão na pauta de deliberações da Comissão de Direitos Humanos (CDH), que deverá se reunir na próxima quinta-feira (21). O primeiro item é o PLS 402/2018, do ex-senador Hélio José (PROS-DF), que modifica o Estatuto das Cidades. O presidente da CDH, senador Paulo Paim (PT-RS), considera a proposta muito positiva por garantir a chamada “acessibilidade plena”.

— No caso do PLS 402/2018, o projeto passa a garantir que todas as cidades incorporem as regras de acessibilidade e mobilidade ao realizarem o desenho, os seus projetos de desenvolvimento urbano. As ruas, calçadas, prédios, praças, enfim, tudo que compõe uma cidade tem de ser pensado levando em conta a possibilidade de todos poderem usufruir. Não se pode haver bloqueios, ausência de calçadas, não previsão de acesso de cadeirantes. As cidades são para todos: deficientes, idosos, jovens, negros, índios, brancos — enumerou.

O projeto conta com o relatório favorável do senador Romário (Pode-RJ) que, em 12 de dezembro de 2018, o devolveu à CDH para votação. Com o retorno das atividades do Congresso em fevereiro, o projeto voltou à pauta deliberativa da CDH.

Também estará na pauta de votações a Sugestão Legislativa 31/2018, apresentada por meio do portal do Senado “e-Cidadania” no ano passado, e propõe a revogação da Emenda Constitucional 95, que congelou os investimentos públicos por 20 anos. Foi a chamada Emenda do “Teto de Gastos”. Paim se declarou defensor da possibilidade de apresentar propostas legislativas pela internet e está favorável à iniciativa.

— Temos de reverter o congelamento dos gastos públicos para voltarmos a investir no país. Sendo aprovada na CDH, se tornará uma Proposta de Emenda à Constituição e passará a tramitar no Congresso —.

Por último, há requerimentos de realização de audiências públicas: sobre a Campanha da Fraternidade de 2019, sobre violência sexual e pedofilia na internet, sobre segurança nas escolas e conflitos atuais, além da que dispõe representação na sociedade e na política.

A CDH se reunirá a partir das 9 horas desta quinta-feira (21), no plenário 2 da ala Nilo Coelho, no Senado.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/03/19/cdh-discute-alteracao-no-estatuto-das-cidades-e-revogacao-do-teto-de-gastos.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Comissão mista vota relatório final da MP do Saneamento Básico — Senado Notícias

Está agendada para as 14h da terça-feira (7) reunião para a comissão mista votar o …