Programa Rosto da Cidade começa a recuperar imóveis históricos particulares – Prefeitura de Curitiba/PR

A Casa Frederico Kirchgässner, na Rua Treze de Maio, é o primeiro imóvel particular a ser pintado e receber a resina antipichação pelo programa Rosto da Cidade. Os trabalhos começaram neste fim de semana para limpar a pichação e restaurar as cores originais da casa modernista projetada em 1929 pelo arquiteto alemão que dá nome à construção.

“O nosso programa quer preservar do vandalismo o Rosto Histórico da Cidade de Curitiba, num perímetro que vai do Alto de São Francisco até a velha Estação, do Passeio Público até as ruas XV e Comendador Araújo”, explica o prefeito Rafael Greca.

A atuação em imóveis particulares é permitida após aprovação de um projeto do Executivo na Câmara Municipal de Curitiba. Estão em fase final os trabalhos de restauro dos imóveis públicos, inseridos na primeira etapa do programa. Tratam-se de um total de 16 construções, além das trincheiras da Rua Treze de Maio, Travessa Nestor de Castro e Alameda Augusto Stellfeld.

LEIA MAIS:

 

Adesão

De acordo com a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Oliveira Dias, já estão mapeados cerca de 140 imóveis particulares que estariam aptos a participar do programa. “Três proprietários já fizeram a adesão”, conta. “Com a autorização, o município faz a pintura, aplica a resina e o proprietário se responsabiliza pela manutenção”, completa Marilza.

Os proprietários de imóveis interessados em fazer parte do programa Rosto da Cidade deverão fazer o cadastro no site www.curitiba.pr.gov.br/rostodacidade e protocolar o termo de adesão na Prefeitura, no núcleo da Secretaria Municipal do Meio Ambiente na Rua da Cidadania da Matriz ou na sede da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, na Avenida Manoel Ribas, 2.727, Mercês.

Rosto

Com seis etapas de execução, o Rosto da Cidade é uma ação conjunta desenvolvida pelo Ippuc, em parceria com a Fundação Cultural e das secretarias municipais do Meio Ambiente e de Obras Públicas. Além da pintura, prevê intervenções nos monumentos, iluminação pública e acessibilidade.

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/programa-rosto-da-cidade-comeca-a-recuperar-imoveis-historicos-particulares/49720.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Curitibinhas criam frota de miniônibus em escola do Sítio Cercado – Prefeitura de Curitiba/PR

Como são criadas as rotas dos ônibus em Curitiba? A posição do sol influencia a …