Proposta garante possibilidade de profissional liberal exercer trabalho gratuito – Notícias

Acervo Câmara dos Deputados

Medeiros: combate à concorrência desleal não se sobrepõe à solidariedade

O Projeto de Lei 844/19 assegura o trabalho gratuito, de caráter solidário ou comunitário, feito por profissional liberal vinculado a conselho profissional. A atividade deverá ser previamente comunicada à entidade em que o profissional estiver inscrito. Na prática, a proposta veda os conselhos profissionais de tomar medidas contra aqueles que fizerem trabalho gratuito.

A proposta está em análise na Câmara dos Deputados. Trata-se da reapresentação, pelo deputado José Medeiros (Pode-MT), de texto arquivado devido ao término da legislatura passada (PL 4819/16). “Esse projeto mantém-se politicamente conveniente e oportuno”, disse.

Conforme o projeto, é comum que os conselhos fixem um valor mínimo de atendimento e fiscalizem a atividade profissional, a fim de evitar a concorrência desleal. “Não é admissível, contudo, que tais objetivos – exclusivamente ligados a valores de mercado – se sobreponham à solidariedade, um valor humano que deve ser incentivado, e não reprimido”, disse José Medeiros.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Professor de Direito Constitucional explica quem tem competência para fechar estradas e aeroportos — Senado Notícias

Quem tem poder de decisão sobre estradas e aeroportos, inclusive para fechá-los: União, estados ou …