Proposta garante possibilidade de profissional liberal exercer trabalho gratuito – Notícias

Acervo Câmara dos Deputados

Medeiros: combate à concorrência desleal não se sobrepõe à solidariedade

O Projeto de Lei 844/19 assegura o trabalho gratuito, de caráter solidário ou comunitário, feito por profissional liberal vinculado a conselho profissional. A atividade deverá ser previamente comunicada à entidade em que o profissional estiver inscrito. Na prática, a proposta veda os conselhos profissionais de tomar medidas contra aqueles que fizerem trabalho gratuito.

A proposta está em análise na Câmara dos Deputados. Trata-se da reapresentação, pelo deputado José Medeiros (Pode-MT), de texto arquivado devido ao término da legislatura passada (PL 4819/16). “Esse projeto mantém-se politicamente conveniente e oportuno”, disse.

Conforme o projeto, é comum que os conselhos fixem um valor mínimo de atendimento e fiscalizem a atividade profissional, a fim de evitar a concorrência desleal. “Não é admissível, contudo, que tais objetivos – exclusivamente ligados a valores de mercado – se sobreponham à solidariedade, um valor humano que deve ser incentivado, e não reprimido”, disse José Medeiros.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Aplicativos podem ser obrigados a pagar seguro para entregadores — Senado Notícias

Um projeto de lei (PL 391/2020) do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) determina que empresas de …