Santa Cruz faz abertura de ato que celebra o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa – OAB

Brasília – O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, fará, na manhã desta sexta-feira (3), em São Paulo, a abertura do evento organizado pela Faculdade Armando Alvares Penteado (FAAP) em alusão ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Além de Santa Cruz, o ato reunirá jornalistas do Brasil, EUA e França, que debaterão sobre o impacto das plataformas digitais no jornalismo, assim como tendências e melhores práticas. O evento, que tem o apoio institucional da OAB, é uma realização da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), do Consulado dos Estados Unidos em São Paulo e da FAAP. Conta ainda com o apoio da ANJ (Associação Nacional de Jornais), Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão), Instituto Palavra Aberta, Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) e RSF (Repórteres Sem Fronteiras).

O presidente da Ordem destacou a importância da data e da discussão envolvida no evento promovido pela FAAP, sobretudo numa época em que as notícias falsas têm tido peso nos rumos dos cenários social, político, econômico e cultural.

“Esse dia Mundial da Liberdade de Imprensa tem um sentido especial, com o crescimento das fake News, a disseminação de desinformação, os ataques virtuais a jornalistas e as tentativas de desacreditar as instituições. Desde o início de nosso mandato, reafirmamos o compromisso da OAB com a liberdade de expressão e de imprensa, como pressupostos do regime democrático que juramos defender. Não por acaso, o Conselho Federal da OAB criou em fevereiro um Observatório de Liberdade de Imprensa. A imprensa livre, crítica e independente se faz hoje mais necessária do que nunca. Se a desinformação ameaça a democracia, a imprensa livre é essencial para a democracia viver”, disse Santa Cruz.

Serão promovidos debates a respeito da desinformação, credibilidade, segurança digital e polarização. Dados divulgados pela ONG Repórteres Sem Fronteiras apontam “preocupante piora da situação da liberdade de imprensa na América Latina”. Segundo o levantamento, o Brasil caiu para o 105º lugar entre os 180 países monitorados, aproximando-se da zona vermelha da classificação (“situação difícil”).

Dividido em painéis, o evento terá a participação da especialista norte-americana Jane Kirtley, professora de ética midiática e direito da Universidade de Minnesota, que trabalhou por 14 anos como diretora-executiva do The Reporters Committee for Freedom of the Press, e Emmanuel Colombié, diretor para a América Latina do Repórteres Sem Fronteiras.

Além deles, participam Sergio Dávila (diretor de redação da Folha de S. Paulo), Carla Jimenez (diretora do El Pais Brasil), Ricardo Gandour (diretor-executivo da rádio CBN) e Guilherme Amado (vice-presidente da Abraji). Os moderadores serão Angela Pimenta (presidente do Projor) e Luciana Garbin (coordenadora do LabJor – laboratório de produção de conteúdos jornalísticos do curso de Jornalismo – da FAAP e editora de produção do Estadão).

Fonte Oficial: http://www.oab.org.br/noticia/57166/santa-cruz-faz-abertura-de-ato-que-celebra-o-dia-mundial-da-liberdade-de-imprensa.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

OAB debate perspectivas das concessões nos setores rodoviário e ferroviário diante da Covid-19 – OAB

A OAB Nacional, por iniciativa da sua Comissão Especial de Infraestrutura, promoverá, na próxima quinta-feira …