Comissão promove debate sobre instituições de longa permanência de idosos nesta quinta – Notícias

Comissão promove debate sobre instituições de longa permanência de idosos nesta quinta

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa promove audiência pública nesta quinta-feira (09) para debater sobre o serviço de instituição de longa permanência de idosos (Ilpi). O debate atende requerimentos das deputadas Tereza Nelma (PSDB-AL) e Leandre (PV-PR).

Nelma critica a omissão do Estado e a pouca fiscalização desses estabelecimentos, o que, segundo ela, contribui para os problemas na qualidade dos serviços oferecidos. “Esses locais são comumente associados a imagens negativas e preconceitos e são vistos muitas vezes como depósito de idosos à espera do tempo de morrer”, lamentou.

Leandre também quer debater resolução da Anvisa (RDC 283/2005) que define as normas de funcionamento para essas instituições. De acordo com a deputada, o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social fez uma pesquisa sobre o tema e apontou que 11% das 229 instituições do estado não têm cuidados de idosos em nenhum dos termos que determina a normativa; 20% não estimulam a visita de familiares, nem ao menos ligações telefônicas; 49% entendem a televisão como uma atividade de lazer.

“Nota-se, com isso, que passados quase 15 anos da confecção da Resolução há, ainda, muita dificuldade na correta implementação, com eficiência e efetividade”, destacou Leandre.

Foram convidados para o debate:

– pesquisadora da Universidade de São Paulo e Faculdade de Saúde Pública Yeda Aparecida de Oliveira Duarte;
– pesquisadora da Universidade de São Paulo e Faculdade de Saúde Pública, Helena Akemi Wada Watanabe;
– diretora do Departamento de Proteção Social e Especial do Ministério da Cidadania, Mariana de Sousa Machado Neris;
– especialista em Gerontologia e Coordenadora do Curso de Cuidadores da UERJ, Sandra Rabello;
– especialista em Gerontologia e Presidente do Conselho Estadual do Idoso de Minas Gerais, Rodrigo Caetano;
– assistente social e dirigente da Ilpi Santo Antônio, em União dos Palmares (AL), Ana Paula Moura de Melo Silva (confirmada);
– coordenadora de serviços de interesse para a saúde da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Aline Alves de Souza;
– professor Dirceu Krainski Pinto;
– procurador de Justiça do Ministério Público do Pará Waldir Macieira;
– promotora de Justiça do MP-RJ e Membro do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa (CNDI), Cristiane Branquinho Lucas.

A audiência pública será às 14 horas desta quinta-feira, no plenário 14. O evento terá transmissão interativa.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Saiba como ficam os fundos de previdência complementar – Notícias

A proposta de reforma da Previdência aprovada pela Câmara acaba com a natureza fechada dos …