Embrapa: infográfico explica principais pontos da proposta da Vice-Presidência do TST

document.write(‘‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”);



Termina na sexta-feira (10) o prazo para que o Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário (Sinpaf) se manifeste sobre a proposta de acordo coletivo de trabalho apresentada pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Renato de Lacerda Paiva, para os empregados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). A proposta, elaborada após a realização de diversas reuniões com representantes dos empregados e da empresa, abrange as cláusulas econômicas e sociais para o período de 1º/5/2018 a 30/4/2020.

Segundo o vice-presidente, a proposta reflete o ponto de equilíbrio possível, mediante concessões recíprocas, para que a matéria não precise ser levada a julgamento pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC) do TST. “Levar conflitos coletivos a julgamento tende a produzir ganhos e perdas para as partes na perspectiva de curto, médio e longo prazo e, na avaliação final, o resultado tende a ser negativo para os dois lados”, pondera.

Caso a assembleia geral dos empregados acolham a proposta, a Embrapa terá até segunda-feira (13) para se manifestar.

Leia aqui a íntegra da proposta.

Confira, no infográfico abaixo, os principais pontos:

(GS/TG)

Processo: PMPP-1000015-63.2019.5.00.0000

Leia mais:

2/5/2019 – Vice-presidente do TST faz proposta de acordo para Embrapa e empregados

Esta matéria tem caráter informativo, sem cunho oficial.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br
<!– –> var endereco; endereco = window.location.href; document.write(‘‘) <!—-> Inscrição no Canal Youtube do TST

Fonte Oficial: TST.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Viúva de motorista tem nova chance de demonstrar que marido recebia comissões “por fora”

document.write(‘Seguir‘); !function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=”http://platform.twitter.com/widgets.js”;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,”script”,”twitter-wjs”); Extratos e depoimento seriam essenciais para solução do caso A Segunda Turma …