Parques Barigui e São Lourenço terão Centrais Geradoras Hidrelétricas – Prefeitura de Curitiba/PR

Até sexta-feira (10/5), o Salão de Atos do Parque Barigui recebe a 3ª edição da Conferência Nacional de Pequenas PCHs e CGHs. O evento organizado pela Associação Brasileira de Pequenas Centrais Hidrelétricas e Centrais Geradoras Hidrelétricas (ABRAPCH), com apoio da Prefeitura, discute as tecnologias e inovações para gestão de empreendimentos, alternativas para viabilização de usinas e perspectivas econômicas.

A Central Geradora Hidrelétrica Nicolau Klüppel, que está sendo implantada no Parque Barigui, é um dos destaques da conferência. Doada ao Município pela ABRAPCH, ela já serve de exemplo a outras cidades do país.

“Honra a cidade de Curitiba e o Parque Barigui receber uma central hidroelétrica. Sou muito grato à associação pela doação da rosca de Arquimedes, que vai trazer a esta cidade a lição da memória da força motriz da água”, disse o prefeito Rafael Greca, na abertura da conferência, nesta quarta-feira (8/5). A rosca é uma máquina utilizada para transferir a água de um local mais baixo até um ponto mais elevado.

Segundo a secretária municipal de Meio Ambiente de Curitiba, Marilza Dias, a CGH do Parque Barigui é a primeira de muitas que serão instaladas nos parques da cidade. “Já temos o projeto para implantação de uma similar no Parque São Lourenço, dentro da mesma forma de aproveitamento da água do vertedouro”, disse a secretária. “A CGH do Barigui vai produzir energia suficiente para suprir metade do consumo de todo o parque. Estamos produzindo energia e, principalmente, a consciência das energias limpas e renováveis”, comentou.

No evento também está em pauta a cadeia de produtos e serviços para hidrogeração, focada em eficiência, inovação e redução de custos. “Não precisamos de termoelétricas no Brasil, o país tem o maior potencial hídrico do mundo e por isso temos que aproveitá-lo gerando energia limpa e renovável”, disse o prefeito

Para Paulo Arbex, presidente da ABRAPCH, o ambiente de negócios para as PCHs e CGHs está mudando. “Fica cada vez mais claro para os governantes a necessidade de reverter este enorme erro estratégico que foi a redução da participação das pequenas hidrelétricas na matriz”, afirmou.

Presenças

Participaram da abertura da conferência o vice-prefeito Eduardo Pimentel; o secretário de Estado da Casa Civil, Guto Silva; o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slavieiro; o vice-presidente da ABRAPCH, Pedro Dias; a secretária executiva da Associação Nacional dos Municípios Sedes de Usinas Hidroelétricas, Terezinha Sperandio; e o vereador Bruno Pessuti.

A programação completa do evento está em http://www.viex-americas.com/eventos/abrapch/programacao/

 

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/parques-barigui-e-sao-lourenco-terao-centrais-geradoras-hidreletricas/50297.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

SMSUrb faz manutenção em 337 pontos de iluminação nesta quarta

Tendo a transparência como meta da gestão, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) segue …