Curitiba ganha centro integrado para unificar combate ao crime organizado no sul – Prefeitura de Curitiba/PR

Curitiba passa a sediar o Centro Integrado de Inteligência e Segurança Pública da Região Sul, o Ciispr-Sul. A estrutura montada na Secretaria de Estado da Segurança Pública, no Centro Cívico, foi ativada nesta sexta-feira (10/5), após solenidade no Palácio Iguaçu com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do governador Carlos Massa Ratinho Junior, e do prefeito Rafael Greca.

O Ciispr-Sul vai integrar mais de 70 bases de dados dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Este é o segundo centro integrado de inteligência regional implantado no País, depois de Fortaleza.

O prefeito destacou a importância da novidade para a área da segurança. “É um valioso instrumento de defesa social, no momento em que o governo federal volta a ter o Ministério das Cidades, órgão importante para o serviço público dos brasileiros, na sua imensa maioria moradores dos grandes centros”, disse Greca.

Ao presidente da República e aos convidados, Greca falou sobre o plano de recuperação de Curitiba. “Eu peguei a cidade arrasada, fiz a reforma da previdência, depositei os recursos em adiantamento e a Prefeitura e a cidade refloresceram. É com grande alegria que dizemos hoje que Curitiba está equacionada”, falou.

Integração

A rede de centros integrados foi concebida para unificar a ação de combate ao crime organizado por regiões. Entre os objetivos estão a integração entre os agentes de segurança pública para produção de conhecimentos estratégicos e o acesso integrado dos conteúdos dos diversos órgãos que compõem a estrutura de segurança pública.

“A segurança pública precisa de mais recursos, precisamos valorizar os agentes de segurança, mas principalmente precisamos fazer melhor com o que já temos e o melhor meio para isso é a integração”, afirmou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

O governador Ratinho Junior aproveitou para elencar reduções de criminalidade registradas no Paraná durante o primeiro quadrimestre do ano, na comparação com o mesmo período de 2018.

“Registramos redução de 32% nos homicídios, de 46% nos latrocínios e de 38% no roubo de carros”, apresentou. Ratinho atrelou o alcance dos resultados à equipe motivada, policiais bem treinados e ao trabalho de inteligência policial.

O evento, realizado no Palácio Iguaçu, contou com a presença do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; da vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr; do governador em exercício do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior; e do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel.

 

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/curitiba-ganha-centro-integrado-para-unificar-combate-ao-crime-organizado-no-sul/50343.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …

Curitiba ganha centro integrado para unificar combate ao crime organizado no sul – Prefeitura de Curitiba/PR

Curitiba passa a sediar o Centro Integrado de Inteligência e Segurança Pública da Região Sul, o Ciispr-Sul. A estrutura montada na Secretaria de Estado da Segurança Pública, no Centro Cívico, foi ativada nesta sexta-feira (10/5), após solenidade no Palácio Iguaçu com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, do governador Carlos Massa Ratinho Junior, e do prefeito Rafael Greca.

O Ciispr-Sul vai integrar mais de 70 bases de dados dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Este é o segundo centro integrado de inteligência regional implantado no País, depois de Fortaleza.

O prefeito destacou a importância da novidade para a área da segurança. “É um valioso instrumento de defesa social, no momento em que o governo federal volta a ter o Ministério das Cidades, órgão importante para o serviço público dos brasileiros, na sua imensa maioria moradores dos grandes centros”, disse Greca.

Ao presidente da República e aos convidados, Greca falou sobre o plano de recuperação de Curitiba. “Eu peguei a cidade arrasada, fiz a reforma da previdência, depositei os recursos em adiantamento e a Prefeitura e a cidade refloresceram. É com grande alegria que dizemos hoje que Curitiba está equacionada”, falou.

Integração

A rede de centros integrados foi concebida para unificar a ação de combate ao crime organizado por regiões. Entre os objetivos estão a integração entre os agentes de segurança pública para produção de conhecimentos estratégicos e o acesso integrado dos conteúdos dos diversos órgãos que compõem a estrutura de segurança pública.

“A segurança pública precisa de mais recursos, precisamos valorizar os agentes de segurança, mas principalmente precisamos fazer melhor com o que já temos e o melhor meio para isso é a integração”, afirmou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

O governador Ratinho Junior aproveitou para elencar reduções de criminalidade registradas no Paraná durante o primeiro quadrimestre do ano, na comparação com o mesmo período de 2018.

“Registramos redução de 32% nos homicídios, de 46% nos latrocínios e de 38% no roubo de carros”, apresentou. Ratinho atrelou o alcance dos resultados à equipe motivada, policiais bem treinados e ao trabalho de inteligência policial.

O evento, realizado no Palácio Iguaçu, contou com a presença do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; da vice-governadora de Santa Catarina, Daniela Reinehr; do governador em exercício do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior; e do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel.

 

 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/curitiba-ganha-centro-integrado-para-unificar-combate-ao-crime-organizado-no-sul/50343.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Produtos Recomendados

Confira Também

Curitibinhas discutem educação no trânsito e uso da bicicleta – Prefeitura de Curitiba/PR

Estudantes do 5° ano da Escola Municipal Sady Souza, no Sítio Cercado, vão percorrer as …