Oposição anuncia obstrução a MPs e quer convocar ministro da Educação – Notícias

A líder da Minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), disse que a oposição, com apoio de partidos do chamado “centrão”, vai impedir a votação no Plenário da Câmara dos Deputados de qualquer medida provisória nesta semana. Isso contraria a agenda do governo, que tem interesse em ver aprovada o quanto antes a MP que reestrutura os ministérios (MP 870/19) e perde validade em 3 de junho.

Feghali afirmou ainda a intenção de aprovar hoje um requerimento do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) para que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, seja convocado a dar explicações ao Plenário da Câmara sobre os cortes orçamentários nas universidades federais. Weintraub já é esperado na Comissão de Educação.

“Nesta semana teremos obstrução total de MPs e a convocação do ministro da Educação para vir já amanhã”, declarou a deputada.

Os líderes, segundo ela, discutem ainda a urgência a um dos mais de dez projetos de decreto legislativo que pretendem sustar a norma do governo Bolsonaro sobre o porte de armas. “Esse ponto é mais polêmico”, reconheceu.

O deputado Newton Cardoso Jr (MDB-MG) confirmou a votação nesta terça-feira (14) da convocação do ministro de Educação e da urgência a um dos projetos contrários ao decreto de armas do governo Bolsonaro. Ele representou o partido na reunião de líderes e disse ainda que não deverão ser votadas hoje.

Fonte Oficial: Câmara dos Deputados.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Na CCJ, senadores repercutem cassação do mandato de Juíza Selma pelo TSE — Senado Notícias

A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de cassar o mandato da senadora Juíza Selma …