Paulo Rocha critica corte orçamentário para universidades federais — Senado Notícias

O senador Paulo Rocha (PT-PA) criticou em Plenário, nesta terça-feira (14), o contingenciamento de 30% do orçamento discricionário para o funcionamento das universidades federais em todo o país, anunciado pelo governo federal. O parlamentar informou que caso a medida não seja revertida, as instituições ficarão sem nenhum recurso para custear despesas mínimas de funcionamento dos espaços físicos, manutenção de serviços e até mesmo comprometer o fornecimento de água e energia.

Paulo Rocha ainda relatou que o corte no repasse deixou todas as universidades federais do Pará em estado crítico, prejudicando pesquisas e atendimentos de excelência numa região que concentra as maiores riquezas naturais do mundo, a Amazônia. A iniciativa do Executivo Federal, como salientou o senador, desencadeou uma série de protestos em todo o país, sendo o maior a ser realizado nesta quarta-feira (15), em todos os estados, com a paralização de professores, servidores e alunos das instituições públicas.

— Não permitiremos que este desgoverno sequestre o presente e o futuro do nosso Brasil. Um povo sem educação é um povo subdesenvolvido, fácil de ser manipulado pelos poderosos. Um país sem pesquisa é um país fadado ao atraso, à subserviência de outros países desenvolvidos. Estamos perdendo a nossa soberania — lamentou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Fonte Oficial: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/05/14/paulo-rocha-critica-corte-orcamentario-para-universidades-federais.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Acordo substitui leitura do parecer por debate entre governo e oposição – Notícias

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência (PEC 6/19), deputado Marcelo Ramos (PL-AM), …