Blitz orienta para denúncias de abuso contra crianças e adolescentes – Prefeitura de Curitiba/PR

Teatro, música e um monumento feito com guarda-chuvas – símbolo da proteção – fizeram parte da Blitz Maio Laranja realizada pela Fundação de Ação Social (FAS), nesta sexta-feira (17/5), na Praça Santos Andrade. A ação marca o 18 de Maio, Dia Nacional Contra o Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e a abertura das atividades de sensibilização que serão realizadas durante o mês em todas as regionais para alertar sobre o problema. Denúncias de casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes podem ser feitas pela Central 156, da Prefeitura de Curitiba, ou pelos canais Disque 100 e Disque Denúncia 181.

Quem passou pela praça, das 9h às 14 horas, pode assistir a uma peça de teatro do Projeto Nova Terra, que atende crianças e adolescentes que vivem em vulnerabilidade social. E, ainda, a apresentação da Banda Musical do Caximba, formada por estudantes do Colégio Estadual Profª Maria Gai Grendel.

“Precisamos ser incansáveis todos os dias no combate ao abuso e exploração sexual de nossas crianças e adolescentse. Essa luta é de todos nós”, disse o presidente da FAS, Thiago Ferro, durante a abertura do evento.

Casos

Técnicos da fundação conversaram com os pedestres sobre como denunciar casos de abuso e exploração sexual de crianças, mostrando a rede de atendimento existente no município e divulgando os canais de denúncia. É meta da Prefeitura diminuir a incidência desse tipo de violência na cidade.

De janeiro a julho de 2018, foram registrados em Curitiba 601 casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Durante todo o ano de 2017, foram 543 notificações. De todos os casos, 95% foram praticados por pessoas conhecidas e em 65% houve participação de pessoas do próprio núcleo familiar.

Prevenção

A blitz chamou a atenção do professor de Direito da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Manoel Caetano, que aprovou a ação na praça. Com celular nas mãos ele fez um filme da apresentação da Banda Musical do Caximba para mandar para os amigos. “É fundamental o trabalho preventivo, pois não basta apenas a repressão”, disse.

O encanador Luiz Maia aproveitou o horário de almoço para ver as atividades. “Ouvi a banda e vim correndo ver o que estava acontecendo”, contou ele que aprovou o alerta feito pela Prefeitura.

Presenças

Participam da ação a promotora do Ministério Público, Tarcila Santos Teixeira, da 1ª Promotoria de Justiça de Infrações Penais Contra Crianças, Adolescentes e Idosos de Curitiba; a representante do Movimento Mulheres que se Importam, pastora Elizete Frecceiro; a assessora da Associação Fênix, Rossana Terezinha Meneghini; a superintendente de Gestão da FAS, Veranice Hayashida, e servidores da fundação. 

Fonte Oficial: http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/blitz-orienta-para-denuncias-de-abuso-contra-criancas-e-adolescentes/50452.

​Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Portal do Magistrado.

Comentários

Confira Também

Luciano Cartaxo entrega 190 títulos de regularização fundiária e beneficia quase 800 pessoas no Muçumagro

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, entregou, na manhã deste sábado (17), mais 190 …